Colunas

Coluna da melhor idade

28/02/2017 17:09:30

Cuidados da pele na terceira idade
A passagem cronológica dos anos acontece com qualquer pessoa e os primeiros sinais começam a aparecer na pele. A espessura da epiderme-derme passa a sofrer uma redução e diminui a elasticidade em decorrência da perda de colágeno gradativamente. Ainda ocorre redução da secreção de sebo pelas glândulas sebáceas e o número de glândulas sudoríparas também sofre uma queda, bem como os vasos sanguíneos passam a apresentar uma maior fragilidade, prejudicando a função imunológica e favorecendo infecções.
Outros fatores também deixam a pele mais sensível, como a constituição genética, fatores ambientais (excesso de exposição solar e poluição ao longo dos anos), má alimentação e efeitos de doenças da própria pele ou sistêmicas, resultando em uma maior secura da pele, aspereza, surgimento de lesões e, por fim, as úlceras varicosas ou venosas.O surgimento de angiomas ou manchas avermelhadas, bem como o crescimento de cistos sebáceos localizados no subcutâneo, também são corriqueiros. Os distúrbios da cútis apresentam-se por meio de erupções, eczemas, manchas, bolhas e vesículas, pústulas, urticária, coceiras, nódulos ou tumores.
 
O que devo fazer?
- banho sempre com água morna e usando um sabonete neutro
- depois da higienização, deve-se aplicar um hidratante corporal que seja à base de ureia para evitar a evolução de uma pele ressecada
- uso diário de protetor solar, pois previne o aparecimento de manchinhas solares, os melasmas
- evitar objetos espalhados pela casa que podem causar hematomas e traumas na pele do idoso que demoram a cicatrizar
- no aparecimento de manchas na pele, sem causa aparente, é necessário buscar ajuda de um médico

Leia nosso NG online: http://jornalng.com.br/pageflip/Main.php?MagID=1&MagNo=264 Página 11