Estado

Ampliação

03/05/2013 - Estado

Cenário da Jacó Mallmann vai mudar: Latvida ferve produção/ Frederico Sehn / O Informativo do Vale

Latvida investe R$ 15 milhões para dobrar produção

 

Uma história que começou do sonho de agregar valor à produção de leite da família vai empregar, até a Copa de 2014, 300 funcionários e processar meio milhão de litros por dia. A Latvida fecha 13 anos de existência anunciando o investimento na duplicação da produção e ampliação do catálogo de produtos. A empresa assinou esta semana um protocolo de incentivo com a Prefeitura, que garante metade do ICMS gerado até 2021. Serão R$ 15 milhões empregados na ampliação da planta – praticamente todos recursos próprios. 

 

Há 13 anos no mercado, a empresa de laticínios da localidade de Santa Rita jorra prosperidade. Nascida de uma pequena produção caseira de dois mil litros de leite por dia, Rui Sulzbach, aos 25 anos queria mais. Queria dar valor para o trabalho do pai. Pensou em industrializar o que as vacas produziam no curral. Deu certo. Em 2013, ele colhe os frutos da perseverança empreendedora: a empresa tem capacidade de processar 300 mil litros de leite por dia e vai aumentar. “Em um ano vamos conseguir trabalhar com 500 mil litros” projeta Sulzbach, que hoje é o sócio-diretor da fábrica.  

 

Hoje são 220 empregados nas linhas de produção. Com a modernização do parque fabril e a ampliação da planta, mais 80 vão compor o time da Latvida. “Já estamos contratando, a ideia é que possamos formar a equipe para, quando tudo estiver pronto, dar sequência ao plano de expansão”, completa. O empresário diz que o investimento – R$ 15 milhões – é composto praticamente por capital próprio. Pequenos valores foram financiados junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

 

Laticínios funcionais

 

Hoje a Latvida tem em seu catálogo cerca de 80 produtos. A lista começa no leite integral (UHT) até os iogurtes, queijos e doce de leite. Com o aumento na capacidade de produção, a Latvida vai incorporar produtos funcionais. “Como os iogurtes gregos e essas receitas que já são populares no mercado”, antecipa o diretor da empresa. 

 

Vai ser iogurte grego feito por estrelense para gaúcho comer. A Latvida foca a venda da produção no Rio Grande do Sul. Uma pesquisa feita em meados de 2012, revelou que em 54% dos lares gaúchos visitados, pelo menos um dos produtos da Latvida estava na mesa, na geladeira ou até mesmo no copo dos consumidores. “Para nós é um orgulho muito grande. Estamos felizes por isso, e vamos investir sempre em nosso município, para desenvolver Estrela junto com a Latvida”, completa.

 

 

Incentivo

 

A Latvida vai se isentar de pagar a metade do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). O repasse se dá da seguinte forma. A apuração começa em 2012 e vai até 2021. Nesse período tudo que a Latvida vender e tributar – metade do imposto recebe de volta. Os pagamentos iniciam em 2014 e vão até 2023. 

 

Genuinamente estrelense

 

Para o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Marco Wermann, dois aspectos qualificam o investimento da Latvida em Estrela. Um deles, a naturalidade: a empresa nasceu de uma família estrelense e emprega mão de obra do município. “O outro aspecto está ligado à ampliação da cadeia produtiva do leite”, pontua. 

 

Segundo Wermann, Estrela detém a maior bacia leiteira do Vale do Taquari. Por isso, quanto mais tiver capacidade de processar essa matéria-prima, maior se torna o ganho econômico da cidade. 


Leia Também

Vigilância passará a testar para o coronavírus apenas casos internados

23/03/2020

Decisão do Estado foi publicada na manhã desta segunda-feira

Mudança retira a possibilidade de parcelamentos no IPVA

04/11/2019

Mudanças foram anunciadas nesta segunda-feira


Começa nesta semana pagamento de R$ 500 por conta do FGTS

09/09/2019

Cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança

Inscrições para o 1º concurso de Aplicativos e Games das escolas estaduais terminam no dia 12

02/07/2019

Premiação inclui valor em dinheiro, medalhas e uma viagem