País

Vacina aftosa

03/05/2013 - País

Estrela terá mesmo roteiro do ano passado

 

Inicia na segunda-feira (6) a primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa em todo o Estado. A empresa contratada pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa) para distribuir 2,8 milhões de doses de vacinas já efetuou parte das entregas. São 13 municípios/regionais contemplados nessa primeira fase, entre elas a regional de Estrela, composta por 53 municípios. E a unidade local de Estrela tem o estoque pronto e roteiro definido.    

 

Esses primeiros municípios receberão 1,8 milhão de doses de vacinas. Ao todo o Estado investiu R$ 3,8 milhões para adquirir o novo estoque. Somado às duas milhões de doses guardadas nas unidades de defesa agropecuária, deve ser suficiente para abastecer os produtores enquadrados no Pronaf e pecuaristas familiares que possuem até cem cabeças de bovídeos (búfalos e bovinos) para a imunização contra a febre aftosa. Estes produtores recebem a vacina gratuitamente. Até o ano passado, a medida contemplava apenas os que possuíam até 50 cabeças, mas por determinação do governador Tarso Genro, a gratuidade foi ampliada. É indispensável que o agricultor informe o número de animais e transporte as doses em caixa de isopor. Quem não vacinar pagará multa de R$ 824,40 (60 UPFs) por propriedade, mais R$ 13,74 (uma UPF) por animal não vacinado. 

 

 

Referência

 

A unidade de Estrela, contudo, é tida como referência. De acordo com Valmor de Vargas, da Inspetoria local, uma parceria com a Prefeitura Municipal otimiza e facilita a vacinação. “Este modelo de parceria é exemplar. Já estamos com todas as vacinas estocadas, inclusive daqueles produtores que não se encaixam na gratuidade do Pronaf. O que fazemos é comprar as doses para estes também. Realizamos a aplicação para todos, facilitando o trabalho dos produtores, apenas cobrando então a aplicação: R$ 1,50 por dose”, diz. “Mas este valor sai de um fundo municipal que depois acaba por retornar ao produtor”, explica ele. 

 

A vacinação no município de Estrela respeitará o mesmo roteiro do ano passado, começando nesta primeira semana por Arroio do Ouro, dia 6 de maio: Arroio do Ouro mais uma vez e Figueira – dia 7; Delfina – dia 8; São Luís e São João – dia 9; Santa Rita e Porongos – dia 10. 

 

A estimativa é que até o dia 29, todas as 15 mil cabeças de gado – estimativa – estejam vacinadas. O número não é exato ainda pois, na terça-feira, data limite, muitos produtores ainda entregavam um relatório com a quantidade de animais que possuem. Produtores como Cleonice Versteg (55), de Costão, com suas quatro cabeças de gado apenas, e Inácio Fell (41), de São Jacó, e seus 93 animais. “Sei da importância da vacinação, mesmo para quem tem poucos animais como eu. Não conheço alguém que não vacine”, destaca Cleonice. “Vacinei todas no ano passado. Não seria diferente agora que tenho dez animais a mais”, avisa Fell.   

 

 

Everminação

 

Desde ontem, veterinários da Secretaria de Agricultura de Estrela estão nos campos do município com o objetivo de everminar sete mil cabeças de gado. A primeira dose da everminação atingirá todos os bovinos já desmamados até 30 dias antes do abate. São cerca de três a quatro equipes que por mais de 15 dias percorrem todas as propriedades. “A everminação possibilita um aumento da produção de leite. O animal fica mais saudável, alimenta-se melhor e, por consequência, produz mais”, observa o secretário José Adão Braun. Ele lembra que Estrela é um dos poucos municípios do Estado que realiza o procedimento. Estrela é o principal produtor de leite do Vale. do Taquari. Em 2012 foram 33,8 milhões de litros. O município possui mais de 450 produtores independentes.


Leia Também

Pediatras pedem uso racional de exames por imagens em crianças

11/10/2018

A proposta é estimular o uso racional das ferramentas

IDH do Brasil tem leve variação e país mantém 79ª posição no ranking

14/09/2018

Aumento na renda faz IDH do Brasil subir 0,001 ponto e chegar a 0,759


Jair Bolsonaro passa por cirurgia após receber facada

06/09/2018

Médicos descartaram lesão no fígado, mas intestino foi atingindo

Bolsonaro leva facada durante ato de campanha em Minas Gerais

06/09/2018

Candidato foi encaminhada para atendimento hospitalar