País

Fraude no leite

17/05/2013 - País

Enquanto estiver se ajustando, portões lacrados na Lativida/ Frederico Sehn / O Informativo do Vale

 

Latvida tem 20 dias para se adequar

 

A Promotoria de Defesa do Consumidor concedeu 20 dias para que a Latvida se manifeste sobre a readequação dos itens apontados como “necessidade” de maior controle da atividade dos transportadores e dos produtores. Assim como o leite cru que chegar à indústria. Além da comprovação da calibragem periódica dos equipamentos utilizados no laboratório de análise do produto e a ampliação dos testes para detecção de fraudes. 

 

A reunião foi o “início” das tratativas para a possível assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que deve prever também indenização por dano moral coletivo e ressarcimento aos consumidores que possuem unidades dos lotes contaminados ainda em casa ou a nota de compra. 

 

Envolvida na investigação, a Latvida está proibida de comercializar qualquer produto derivado de leite. A fábrica de Linha Santa Rita está interditada. Segundo o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor da Capital, Alcindo Luz Bastos Filho,  a empresa teria descumprido a determinação de não comercializar leite UHT a partir de 1º de abril de 2013. A empresa foi lacrada pela Secretaria Estadual da Agricultura a partir de uma recomendação do Ministério Público em um inquérito civil por uma série de irregularidades verificadas, o que inclui o formol que já tinha sido detectado.

 

 

Contraponto

 

A Latvida mantém o posicionamento em afirmar que em uma contraprova realizada no laboratório ALAC, que é credenciado pelo Ministério da Agricultura (Mapa), não foram encontrados problemas. O laudo desse exame demonstra que o lote de leite UHT desnatado, apontado pela investigação como adulterado, não apresentava alterações. No entanto, por segurança, o lote suspeito já havia sido retirado totalmente do mercado.

 

A empresa afirma ainda ainda que até fevereiro, era usada como empresa modelo para treinamento dos fiscais sanitários, pois além de suas excelentes práticas, também possui um dos melhores laboratórios de análise e prevenção no Estado. 

 

 

Produção absorvida

 

Para o Secretário da Agricultura, José Adão Braun, o fato da Latvida estar com as portas fechadas não causou maiores prejuízos aos produtores. Segundo ele, a produção acaba sendo absorvida por outros laticínios da região. “Existe uma carência grande de leite, que deve ter sido absorvido por outra empresa ou cooperativa”, pontua. De acordo com Braun, nenhum produtor de leite solicitou auxílio da Prefeitura para destinar sua produção. 

 


Leia Também

Pediatras pedem uso racional de exames por imagens em crianças

11/10/2018

A proposta é estimular o uso racional das ferramentas

IDH do Brasil tem leve variação e país mantém 79ª posição no ranking

14/09/2018

Aumento na renda faz IDH do Brasil subir 0,001 ponto e chegar a 0,759


Jair Bolsonaro passa por cirurgia após receber facada

06/09/2018

Médicos descartaram lesão no fígado, mas intestino foi atingindo

Bolsonaro leva facada durante ato de campanha em Minas Gerais

06/09/2018

Candidato foi encaminhada para atendimento hospitalar