Estado

Delegacia de Polícia do Consumidor pede prisão dos sócios da VRS

17/05/2014 - Estado

Leite Compen$ado


Delegacia de Polícia do Consumidor pede prisão dos sócios da VRS


A Delegacia de Polícia de Proteção aos Direitos do Consumidor, Saúde e da Propriedade Intelectual, Imaterial e Afins (Decon), da Polícia Civil de Porto Alegre, concluiu o inquérito que investigava a denúncia de adição de leite vencido aos produtos da VRS em Estrela. Com a finalização da investigação, o delegado Fernando Soares pediu a prisão dos dois sócios majoritários da empresa, fechada em agosto de 2013, e de mais dois pecuaristas do interior do município. A documentação será entregue ao Ministério Público, que deve pedir à Justiça a prisão dos indiciados.


A primeira etapa da “Operação Leite Compen$ado”, realizada em 8 de maio de 2013, quando quatro laticínios gaúchos foram denunciados por suspeita de adulteração no leite, entre eles a VRS, teve a investigação concluída na quinta-feira, 15. O inquérito acusa pela prática de crimes contra saúde pública, estelionato e contra os consumidores os sócios da empresa fechada em agosto do ano passado.


Segundo o delegado titular da Decon, Fernando Soares, além dos empresários, dois produtores de leite do interior do município foram indiciados por falsidade ideológica. “Durante a investigação descobrimos que a VRS estocava de forma irregular o leite vencido. Prática que foi comprovada com a ação realizada durante a noite dentro da fábrica”, diz o delegado. 



Sobre os crimes

Segundo o delegado, os acusados são suspeitos de crimes contra saúde pública, estelionato e contra o consumidor, por supostamente adicionar leite vencido aos seus produtos e comercializá-los. “Já o crime de estelionato recai sobre a suspeita da empresa devolver ao mercado produtos lácteos adulterados”, explica Soares.


A pena, no caso da Justiça considerar os acusados suspeitos, pode ser de até oito anos de reclusão. “Se for enquadrado como crime contra a saúde pública, a prática é considerada hedionda e inafiançável”, conclui o delegado.


O resultado da investigação será entregue ao Ministério Público, que depois deve oferecer a denúncia à Justiça para instaurar o processo criminal.  


Leia Também

Calor e chuva permanecem no estado na próxima semana

28/09/2018

Entre a terça (2) e quinta-feira (4), o calor e a umidade predominarão, com pancadas isoladas de chuva na maioria das regiões

Médicos receberão mais por consultas pelo IPE a partir de 1º de outubro

13/09/2018

Essa medida representa R$ 35 milhões a mais por ano pelo pagamento das consultas


Mais de 4,2 mil animais estão inscritos para Expointer 2018

01/08/2018

O número supera o total de animais inscritos no ano passado em 32%

Estrelense Otelio Drebes recebe Medalha do Mérito Farroupilha da AL

30/07/2018

Empresário que fundou as Lojas Lebes será homenageado na quarta-feira, dia 1º de agosto, a partir das 18h