Estrela

Aluno da rede municipal representa o RS na Conferência Nacional do Meio Ambiente

Marlon Stroher, da Emef Arnaldo José Diel, de Linha Lenz, teve trabalho selecionado para o evento

14/05/2018 - Estrela

O estudante Marlom Stroher, de 14 anos, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Arnaldo José Diel, de Estrela, foi selecionado para a etapa final da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que será realizada em Brasília(DF) entre os dias 14 e 18 de junho.
Dos 19 projetos escolhidos para representar o Rio Grande do Sul no evento, quatro são de escolas da região de abrangência da 3ª Coordenadoria Regional de Educação. Destes, dois de Estrela, o do representante da Emef Arnaldo José Diel e o da Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental Manoel Soares, com o aluno Robson Marcelo Soares Fontes. Os outros dois projetos são de Paverama e Taquari.
"Produzindo água" é o tema do trabalho do estudante Marlom Stroher, o qual propõe a captação das águas da chuva (telhados) para reutilização em sanitários, irrigação de floreiras e lavagem de calçadas como forma de economia.  Ele cursa o 9º ano e se despede do Ensino Fundamental com "chave de ouro". Ele conta que a participação na etapa estadual foi muito gratificante. "Pude conhecer pessoas e adquirir novos aprendizados. Saio orgulhoso de mim e da minha escola", afirma o aluno, que frequenta a escola desde o Jardim de Infância. 
A diretora Ligia Inês Lohmann ainda comemora. Foi à única escola da rede municipal a chegar à etapa final. Para ela, o reconhecimento de um projeto criado em 2016 para ser apresentado na Feira de Conhecimento é gratificante.  "Trabalhamos bastante com temas relacionados ao meio ambiente e, por isso, recebemos incentivo da Secretaria de Educação para inscrevê-lo (o trabalho) na Conferência. A partir daí envolvemos todos os alunos do 6º  ao 9º ano no desenvolvimento do projeto", diz.  Ligia conta que o evento estava restrito ao âmbito das escolas estaduais, mas foi estendido às escolas municipais, o que possibilitou a participação da Emef. "Para nossa felicidade, fomos selecionados", ressalta. Ela pretende chamar atenção de outras esferas para que este projeto de reaproveitamento da água da chuva seja implantado nas demais escolas e prédios públicos.  
A Conferência é uma ação de educação ambiental que busca estimular processos dialógicos e participativos, enfatizando a importância da ação coletiva e da atuação em rede. Neste ano, o tema do evento é "Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas", visando trazer a dimensão social e política sobre a questão da água para os estudos e diálogos realizados nas escolas e comunidades. Enquanto aguardam o resultado da etapa final, professores, alunos e comunidade escolar continuam comprometidos com as questões socioambientais. " Sempre demos ênfase ao tema e trabalhamos em especial com alunos do 9º ano, já que estão saindo para que deixem um legado, conclui a diretora.


Leia Também

Colinas deve ganhar pousada turística

25/05/2018

Empreendedor procura investidor para quartos de contêineres

Estrela é a sexta do Vale em menor perda

25/05/2018

Levantamento de dados mostra que nos últimos 11 anos, 4.085 famílias deixaram o campo no Vale do Taquari


Torneio do Boi é mantido com 128 duplas

24/05/2018

Já os tradicionais Jogos Germânicos e os Grenais não serão mais realizados este ano dentro do ParkChoppFest

Escola estrelense realiza pré-lançamento de livros infantis

24/05/2018

Proposta "Tenho uma História para Te Contar", da Emei Paulo Freire, trabalha com as mais de 150 crianças na produção de oito obras infantis