Estrela

Alunos de Estrela produzem geleia e suco da merenda escolar

Experiência foi promovida por escola do interior do município, que oportunizou colheita de bergamota de pomar local e a posterior produção de geleia e suco

12/06/2018 - Estrela

A identificação da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Pedro Jorge Schmidt, do Distrito da Delfina, interior de Estrela, para com as características e culturas locais, são solidificadas através de diversas atividades e projetos realizados com os estudantes ao longo do ano. Na última semana, uma nova iniciativa colaborou com este contexto. Alunos realizaram a colheita de bergamotas dos pomares localizado na própria escola e, acompanhados de técnicos da Emater, produziram geleia, que passou a ser utilizada na merenda da escola e também levada para casa dos participantes. Suco também foi produzido a apreciado na oficina culinária.

A experiência foi realizada com alunos do 7º ano, coordenados pela professora Roseli Brito, que na Semana do Meio Ambiente trabalharam o tema "Cuidar do Meio Ambiente é cuidar da própria casa". De acordo com a diretora Cristine R. Mädke, são ações que se completam. "O que se observou é que, mesmo nós que utilizamos bastante nosso jardim, horta, pomar, ainda há muita coisa que se desperdiça ou não é bem aproveitada. Foi a partir daí que surgiu a ideia", explica. "Mais do que um desafio aos alunos, um incentivo para que tenhamos um maior aproveitamento de muitos alimentos ou mesmo de outros produtos, potencialidades disponíveis e possíveis, aqui e nas suas respectivas casas."

Alguns dos estudantes que colheram as frutas e depois entraram na cozinha da escola para a produção de geleia participam do programa Cooperativas Escolares, desenvolvido no município em parceria com o Sicredi, onde também são trabalhadas alternativas de sustentabilidade e opções comerciais. Uma das alunas é Mirele Tainá Plentz, de 12 anos. "São coisas interessantes que as vezes não imaginamos porque não conhecemos, não vemos todos os dias", relata. "Eu mesmo não gosto muito de bergamota, mas gostei da geleia. Ficou bem gostosa. Vou ver se faço em casa com a minha mãe, que também adorou a ideia."   

Segundo a chefe do escritório Emater/RS-Ascar, Tania Schmitt de Queiroz Stein, que foi parceira do processo, trata-se de uma iniciativa de grande validade para a comunidade como um todo. "Trabalhamos sempre muita essa questão de uma alimentação mais nutritiva e de melhor aproveitamento de todos os produtos. Entre eles aqueles que são específicos da época. Tivemos um ano que foi muito propício para as bergamotas, laranjas. Os pomares na sua maioria estão tomados, mas mesmo assim muitas crianças nunca tomaram, por exemplo, um suco de bergamota", explica. "O que temos é que explorar alternativas para que estes alimentos saudáveis, como os cítricos da época, sejam consumidos de maneira correta e melhor aproveitados. Para isso é preciso incentivar meios de fazê-lo", detalha ela, que também realizou palestra com os alunos. Novas ações neste sentido serão realizadas ao longo do ano. Mas informações pelo telefone 3712-7005.


Leia Também

Campanha Estrela Premiada será lançada nesta quinta-feira

18/10/2018

Durante o evento também será apresentado o projeto do Natal 2018

Outubro Rosa: Saúde intensifica ações de prevenção

17/10/2018

Centro Materno-infantil de Estrela abre no dia 27 pela manhã para realização de exames preventivos


Educação na Praça destaca projetos das escolas municipais de Estrela

15/10/2018

Evento será realizado neste sábado, dia 20, na Praça Menna Barreto, no centro da cidade

Município lança Estrela Premiada no dia 18

15/10/2018

Durante o evento também será apresentado o projeto do Natal 2018