Estrela

Apae de Estrela receberá R$ 46,2 mil

Valor faz parte de um acordo de indenização entre MPT e frigorífico Excelsior

28/12/2018 - Estrela

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), de Estrela, vai receber R$ 46,2 mil para reformar o ginásio de esportes da entidade. O valor é fruto de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o frigorífico Excelsior, de Santa Cruz do Sul.

De acordo com a diretora da instituição, Rose Tolio, não é a primeira vez que recebem recursos oriundos de TACs do Ministério Público do Trabalho (MPT). “Ano passado recebemos um valor que foi utilizado para a adequação da nossa culinária. Agora, este recurso será destinado para a reforma final do ginásio”, comenta.

Construído há cerca de dez anos, o ginásio precisa de pintura interna, reforma nos banheiros e no telhado. “Enviei esse projeto ainda no início do ano porque o piso estava danificado e era perigoso de cair e se machucar, até porque as crianças utilizam o espaço para prática de esportes, dança, teatro, confraternizações e todos os eventos da Apae são feitos ali. Quando ele estiver pronto, queremos incluir outras atividades voltadas a psicomotricidade e voltar a alugar aos fins de semana, porque é um dinheiro que podemos aplicar para outros projetos”, explica Rose.

Prazos de pagamento

A assinatura do documento aconteceu em audiência administrativa realizada na quarta-feira, dia 19, na sede do MPT em Santa Cruz do Sul. O valor total que a empresa vai pagar é de R$ 200 mil a três entidades, e serão pagos em dez parcelas a partir do dia 21/01 e com prazo até 21/10. A Apae recebe o primeiro valor, de R$ 7.523, no mês de maio. Em junho, a parcela de R$ 20 mil deve ser entregue e, em julho, todo valor será quitado com o pagamento dos restantes R$ 18.677.  


Leia Também

Languiru irá inaugurar supermercado em Estrela

20/06/2019

Unidade tem previsão de inauguração em julho

Com braço atrofiado, a espera pela cirurgia

20/06/2019

Ana Aguiar está com o cotovelo quebrado


Atraso em obra de quadra coberta mobiliza pais

20/06/2019

Construção da estrutura no Bairro das Indústrias foi iniciada em 2014

Justiça nega pedido de liminar e obras agora estão autorizadas em prédio da Polar

20/06/2019

Medida evitaria realização de qualquer modificação no prédio