Polícia

Arsenal pode ser de facção criminosa

05/07/2018 - Polícia

Créditos da matéria: Redação NG

As armas e drogas apreendidas na última semana no Bairro Boa União, em Estrela, podem ter pertencido a uma célula do crime organizado que atua na região. Semelhante aos armamentos apreendidos em Santa Cruz do Sul, em outubro do ano passado, o material coletado será periciado e servirá como base para a investigação de crimes de tráfico de drogas, ou até mesmo como os assaltos a banco.


Ao todo, a Polícia Civil apreendeu nove fuzis AK-47, cinco fuzis AR-15, de calibre 5.56, 20 pistolas 9 milímetros, oito quilos de cocaína, uma prensa para confecção de tabletes de drogas e uma balança de precisão. O arsenal estava na residência onde foi preso em flagrante Marcel Dieger, de 37 anos. Também foram apreendidos veículos, um Astra com placas de Estrela, e um Jeep Compass, em situação de roubo e placas clonadas de Florianópolis.


De acordo com o delegado regional da 19ª Delegacia Regional da Polícia Civil, Miguel Mendes Ribeiro Neto, o volume de armamento e drogas apreendido pode representar o equivalente a R$ 1,2 milhão. “Este arsenal passará por uma perícia técnica, depois disso, ficará à disposição da Justiça de Estrela, que é quem julgará o caso”, destaca.

 

Denúncia


A ação foi conduzida pelo delegado José Romaci Reis, titular da Delegacia de Polícia de Estrela, com apoio da delegacia regional. “Esta apreensão se deu a partir de uma denúncia anônima, depois de verificado pelo setor de inteligência da polícia. Certamente essa apreensão servirá para outras investigações”, avalia o delegado regional.


Leia Também

Dois são presos em Linha Wink após assalto em joalharia de Teutônia

10/11/2018

Brigada Militar estima que três ou quatro indivíduos participaram da ação


Dois são presos por tráfico de drogas em Bom Retiro do Sul

09/11/2018

Ambos foram recolhidos ao Presídio Estadual de Lajeado