Estrela

Audiência discute realocação da Aepa

ONG está instalada em um área de recuperação ambiental

30/08/2019 - Estrela

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

Uma nova audiência para tratar da Associação Estrelense de Proteção aos Animais (Aepa), que tem sua sede em um terreno da prefeitura declarado como área de recuperação ambiental, foi realizada na Promotoria de Justiça de Estrela, no início do mês. O objetivo foi discutir o Inquérito Civil que investiga a necessária realocação da ONG, apoiada pelo promotor de Justiça Daniel Cozza Bruno, que também destacou a importância da construção de um Centro de Zoonoses. Na ocasião, o assessor jurídico do município, Guilherme Gewehr, citou que a intenção do Executivo é realocar a Aepa com toda estrutura possível.

Além disso, o veterinário da Secretaria do Meio Ambientem Luís Cesar Schauenberg destacou que existe um projeto de ampliação do Canil Municipal, que funciona próximo à Usina de Tratamento de Lixo (UTL), e de construção de um centro cirúrgico. As representantes da Aepa, Tiane Ruschel Cagliari e Maria Elisa Ruschel Cagliari, concordaram com a realocação da ONG, desde que para um local apropriado e com uma estrutura que comporte os mais de 150 cachorros e gatos hoje acolhidos.

O promotor afirmou que é necessário estabelecer prazos e cronograma de ações com o Executivo e que, por enquanto, não há alternativa para fazer a retirada da Aepa do atual local, sob pena de se causar problema de saúde pública. Além disso, o promotor recomendou que o município continue realizando o repasse de recursos para a associação, porque a entidade possui sede no município, bem como presta serviços que não são abrangidos inteiramente pelo poder público.

O que diz a prefeitura

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, serão enviados ao Ministério Público informações sobre o projeto de engenharia acerca da ampliação do Canil Municipal e da construção da clínica de procedimentos veterinários, bem como se o município se propõe a adaptar este projeto para a construção de um Centro de Zoonoses. Além disso, que quando o projeto estiver concluído, será estudada a parceria para que a Aepa seja realocada para o novo espaço. 


Leia Também

Soges busca opções para se manter

27/12/2019

Direção do clube centenário diz que não tem como arcar com indenização milionária e pensão vitalícia

Câmara de Vereadores devolve R$ 100 mil ao Executivo

27/12/2019

Entrega de documento foi realizada na tarde de quinta-feira


Prefeitura faz ponto facultativo nos dias 30 e 31 de dezembro

27/12/2019

Município vai manter somente os serviços essenciais no período. Dia 1º não haverá coleta de lixo

Inscrições de crianças na Central de Vagas das Emeis até esta sexta-feira

27/12/2019

Período só será retomado em fevereiro