Estrela

Avançar Cidades em Estrela: 20% da drenagem está concluída

Com investimento de mais de R$ 11 milhões, município vai asfaltar 36 ruas em sete bairros

10/06/2019 - Estrela

Créditos da matéria: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Estrela

Depois de um período chuvoso, que impediu a realização dos trabalhos, estão em ritmo acelerado as obras para o asfaltamento de 36 ruas de sete bairros da cidade por meio do Projeto Avançar Cidades. Os trabalhos começaram pelo Bairro das Indústrias, onde 11 trechos serão pavimentados. A empresa vencedora do processo licitatório está executando inicialmente os serviços de drenagem, que já chegaram também ao Bairro Boa União, e envolvem a canalização pluvial e construção de bueiros. Cerca de 20% desta etapa estão concluídos. 

Nesta quinta-feira, dia 6, equipes da empresa trabalharam no Indústrias, mais especificamente nas ruas Nicolau Sulzbach e Mário Osvaldo Vognach. Nestas vias, que estão com a drenagem concluída, teve início também a terraplenagem. A próxima etapa é a execução da base e colocação do passeio público, sendo finalizadas com o asfaltamento e sinalização das vias.  Na sexta-feira, iniciaram os trabalhos no Cristo Rei, no Loteamento Jardim das Pedras. 

O Governo de Estrela investirá mais de R$ 11 milhões na melhoria da infraestrutura. O projeto contempla também os bairros Auxiliadora, Cristo Rei (Jardim das Pedras), Imigrantes, Oriental e Pinheiros. Será feito ainda o capeamento da Rua João Lino Braun, da Rota do Sol até a estrada General Osório, e da Coronel Brito, no trecho que se estende da Rua Alfredo Arenhart até a via lateral à BR-386.

Leia Também

Cerveja Artesanal terá espaço na Multifeira 2019

23/08/2019

Além da venda da bebida, local terá palco para shows e ponto exclusivo de alimentação durante da programação que ocorre de 4 a 8 de setembro

Iniciativa para flexibilizar

23/08/2019

Vereador propõe Declaração Municipal de Direitos de Liberdade Econômica


2 anos e 174 processos

23/08/2019

Núcleo de Estrela obteve sucesso em 74,4% dos casos

Título cancelado

23/08/2019

Cerca de 4,8 mil pessoas não fizeram recadastramento