Estrela

Chegam as primeiras cargas de brita para recuperar a ERS-129

Estado destinará 60 toneladas de material para a obra, que tem contrapartida da Prefeitura de Estrela, com a cedência de maquinário e servidores.

09/11/2017 - Estrela

Uma espera de anos está prestes a ser atendida na comunidade de Arroio do Ouro, no interior de Estrela. Por meio de uma parceria firmada entre os governos do Rio Grande do Sul e de Estrela, será patrolada a ERS-129, que liga a cidade e Bom Retiro do Sul. A primeira carga de brita foi trazida de Porto Alegre na manhã desta quarta-feira (8) e despejada no pátio da Igreja Católica de Arroio do Ouro. Cerca de 60 toneladas do material serão entregues para que o reparo seja feito.

É grande a expectativa dos moradores pelo início da obra. Cerca de 150 famílias residem no trecho em que a rodovia apresenta os maiores problemas. A aposentada Dulce Maria da Rocha Diehl, de 59 anos, que reside em Arroio do Ouro desde a infância, diz que “a estrada está um caos. Intransitável. Não colocamos mais o carro na estrada. Só de trator dá para passar”. Ela recorda que os problemas existem há décadas e que a comunidade se sente abandonada pelo governo do Estado.

“Faz meio ano que piorou. A Prefeitura de Estrela emprestou uma patrola, que passou na estrada. Depois disso, não conseguimos mais nada. E a via segue com muitos buracos”, conta. Mesmo aposentada, Dulce cria animais e trabalha com a produção de leite – setor que enfrenta uma grave crise econômica. Para ela, a má conservação da ERS-129 prejudica os negócios. “Muitas vezes precisamos ir até o Centro buscar algo que falta para a lida, mas com a estrada que temos não é possível”, destaca.

Envolvido com a causa, visto que também reside no interior de Estrela, o vereador Márcio Mallmann (PP) solicitava a destinação dos materiais há, pelo menos, quatro meses. O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) liberou a brita, mas pediu que a administração municipal fizesse a retirada do material, o que bloqueava o início dos reparos. “A trajetória, como em todas as demandas estaduais, foi bem árdua. Conseguimos isso com parcerias”.

Na semana passada, um grupo de moradores, liderado por Dulce, procurou o vereador para informar o desejo de bloquear a via, com a intenção de chamar a atenção das autoridades. Mallmann voltou a procurar o departamento, que sinalizou com uma nova possibilidade. “Disse que se nada fosse feito, ajudaria a fechar a estrada”, revela.

Para o transporte da brita, o Estado fez parceria com a empresa Paradiso Giovanella Transportes Ltda. Não há data para o início das obras, o que depende da chuva para garantir a qualidade do solo. A Prefeitura de Estrela vai ceder servidores e máquinas.

Estado avalia a obra

Conforme o agente administrativo da 11ª Superintendência Regional do Daer de Lajeado, Sadi Marques, a unidade tem um percentual de brita que pode a ser retirado a cada mês, em Porto Alegre, mas dependia de uma ferramenta para fazer o transporte do material. O responsável garante que “se for necessário mais brita, iremos liberar”. Além da brita, o departamento irá colaborar com a fiscalização da melhoria.

 

Radio Independente 


Leia Também

Berço da Polar, Estrela sedia mobilização pelo setor cervejeiro

19/01/2018

Lideranças regionais e estaduais buscam alternativas para criar rota que valorize a cerveja artesanal dos vales do Taquari e Rio Pardo

Sétimo lote do abono salarial 2016 começa a ser pago nesta quinta-feira

18/01/2018

Serão liberados R$ 2,671 bilhões para o pagamento de benefícios que variam de R$ 80 a R$ 954


Medidas para novo roteiro de cerveja artesanal na região dos Vales serão tomadas

17/01/2018

Encontro em Estrela reuniu dezenas de lideranças políticas, empresarias e culturais em torno do tema

Univates inaugura nesta quarta-feira Polo EAD em Estrela

16/01/2018

Estrutura vai funcionar na Rua Bruno Schwertner, número 285, sala 201, no Centro da cidade. Dia 25, local sedia provas agendadas para ingressantes, às 16h e às 19h