Imigrante

Começa a colheita da safra de uva em Imigrante

Família Rabaioli, da localidade de Linha Harmonia, produz sucos há quatro anos e espera colher 30 mil quilos da fruta

11/01/2019 - Imigrante

Sem conservantes, açúcar e água. É assim que são produzidos os sucos da família Rabaioli que, nesta semana, iniciou a colheita da safra de uvas na localidade de Linha Harmonia. Neste ano, a expectativa é colher em torno de 30 mil quilos da fruta, que é a matéria-prima para a principal fonte de renda da propriedade.

Os irmãos Marcelo e Marciano estão à frente do negócio há quatro anos, quando a marca Rabaioli surgiu. Mas a produção de uvas já está presente na família há mais de 20 anos, sendo utilizada para consumo próprio e venda in natura. “Atualmente, produzimos as variedades concord e bordô, que são para a fabricação dos sucos que vendemos para o Vale do Taquari, Serra e para alguns municípios de fora do Estado”, explica Marcelo.

De acordo com ele, a comercialização surgiu como uma oportunidade de agregar valor ao produto e hoje é a principal renda da família. “A produção, nos dois hectares de terra, vai até o fim de fevereiro, mas estocamos e conseguimos vender até a próxima safra”, explica.

Diariamente, é possível produzir quatro mil litros de suco, utilizando seis mil quilos de uva da propriedade. Parte do produto é engarrafado em vidros e outra colocada em bags, de 5 e 10 litros, que são vendidos para restaurantes. Na propriedade ainda são produzidos sucos de abacaxi e laranja. “Este ano queremos iniciar também com o de maçã. Mas essas frutas compramos e o suco de uva é o que mais vende”, avalia Marcelo.

Cuidados na plantação

Cristiane explica que as condições climáticas do ano influenciam para obter uma boa safra, mas que as famílias que produzem uvas precisam realizar vários cuidados para que possam obter uma boa colheita, entre eles:
- Analisar o solo para reposição de nutrientes;
- Ter cuidado na hora da poda e da colheita;
- Identificar corretamente doenças e preveni-las com tratamentos de inverno.

Mais produtores

A produção das uvas, de acordo com a técnica em Agropecuária da Emater/RS-Ascar de Imigrante, Cristiane Dexheimer, inicia no fim de dezembro e segue até o início de março. “Aqui temos 23 produtores, mas há aqueles que produzem comercialmente e alguns apenas para consumo próprio”, destaca.

As variedades mais plantadas em Imigrante são niágara branca e rosa, concord, bordô e isabel. “Temos famílias iniciando a produção de uvas de mesa com as variedades Itália, rubi, vitória entre outras”, afirma Cristiane. Além dos sucos, a fruta é utilizada para produção de vinhos, vinagre, graspa, geleia, schmier, cuca e outros.


Leia Também

Um passo mais perto da Unesco

14/03/2019

Emef Arco-Íris foi aceita como candidata ao Programa de Escolas Associadas (PEA)


Coral Municipal de Imigrante busca novos integrantes

11/03/2019

Instituição possui 26 anos

Acolhidas e atividades na volta às aulas

22/02/2019

Mais de 400 estudantes foram recepcionados na segunda-feira