Variedades

Comida japonesa ganha espaço nas mesas e no coração

Gosto pelo “sushi” já virou tradição

03/05/2019 - Variedades

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

Cerca de 11 anos atrás, quando ainda morava em Curitiba (PR), Elisângela Carard Finck experimentou pela primeira vez a culinária japonesa. A experiência veio como ideia das amigas, que já costumavam sair para comer sushi. De primeira, o bolinho de arroz envolvido em folha de alga e finas fatias de peixe não agradou, mas ela não desistiu.

“Precisei ir aprimorando o paladar. Hoje prefiro sashimi (carne crua em fatias finas - geralmente peixes, como o salmão ou o atum) e o hot filadélfia (folha de alga desidratada, salmão, cream cheese, cebolinha e farinha de trigo)”, comenta Elisângela.

Hoje com 34 anos e morando em Estrela, conta que a filha, de 12 anos, também a acompanha na hora do sushi, diferente do esposo. “Como meu marido não gosta, escolhemos lugares que possuem outra alternativa para ele, como um prato quente. Em algumas ocasiões saio só com as amigas e, principalmente, com minha filha, que também gosta bastante”, conta.

Grávida pode comer Sushi?

Elisângela está grávida de 34 semanas do terceiro filho, Caethano, e um dos desafios é manter a moderação na hora de comer o sushi. “Sinto muita falta. Quando não estava grávida comia, no mínimo, uma vez ao mês, mas comeria todos os dias sem problema algum”, comenta.
Mesmo com a permissão do médico para comer sushi esporadicamente, ela prefere cuidar e saborear apenas os fritos. “Nesses casos, como apenas o hot, que é frito”, comenta. Para não deixar a paixão de lado, a gestante deve consultar seu obstetra e, se liberado o consumo, escolher um restaurante com boa procedência, de confiança e com regras rígidas de manuseio e armazenamento dos alimentos. 


Leia Também

Dia Mundial do Rock é neste fim de semana, dias 20 e 21 de julho

15/07/2019

Ingresso é um quilo de alimento não perecível


Por dentro da lei: Reforma Previdenciária

12/07/2019

Por Darlã Bellini

Café da Colônia é atração nos domingos

12/07/2019

Programação é de organização da Casa do Artesão