Bom Retiro do Sul

Comitê Intersetorial vai atuar na erradicação de focos do aedes aegypti

Alerta foi emitido pela 16ª Coordenadoria Regional de Saúde

16/08/2018 - Bom Retiro do Sul

A Administração Municipal de Bom Retiro do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está em estado de alerta para a infestação do mosquito aedes aegypti, emitida pela 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, a partir da coleta de amostras que deram resultados positivos no município.

Para atuar na erradicação dos focos de larvas e pupas do mosquito, um comitê intersetorial, envolvendo todas as secretarias municipais, foi montado para agir sobre esta situação, antes que as doenças transmitidas por este vetor, possam a vir se manifestar na população do município.

Larvas e pupas foram identificadas em três bairros do município. “Temos identificado a larva em nosso município, mas a doença decorrente da contaminação pelo mosquito ainda não. Por isso, nossa prioridade imediata é agir para eliminar estes focos e voltarmos à condição de normalidade, ou seja, sem focos do mosquito”, disse o secretário da saúde, Paulo Ricardo Marmitt.

Para reverter esta situação, serão mantidas as ações rotineiras. “Com o trabalho do agente de endemias e das agentes comunitárias de saúde neste monitoramento, conseguimos identificar os focos com a larva do mosquito. Agora, para ampliar o trabalho, novos agentes serão contratados e todas as propriedades e terrenos baldios, em cada quarteirão e em cada bairro do município serão vistoriados. Faremos um trabalho minucioso para eliminar todos os focos do mosquito”, ressaltou Paulo.

Para que todo este trabalho tenha êxito, o secretário pede a ajuda da população. “Precisamos que todas as pessoas nas suas casas verifiquem a existência de recipientes com água parada e os elimine. A larva do mosquito se cria aonde há água parada. Pneus, vasos, caixas d’água, folhagens, lixeiras, garrafas, piscinas, toneis, baldes, entulho, calhas de água da chuva, tudo deve ser vistoriado. Com a ajuda de todos, a proliferação do mosquito será interrompida o mais rápido possível”, salientou Paulo Marmitt.

Com a ampliação da estrutura de agentes de endemias, o combate à proliferação do mosquito da dengue se dará por ações em visitas a todas as propriedades, com as ações de Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRA) e as vistas aos Pontos Estratégicos pelo (PEs).

Quais as doenças transmitidas pelo aedes aegypti?

Sem o combate a estas larvas encontradas, a população corre o risco de contrair doenças como a Dengue, Chikungunya e a Zika, que são transmitidas pela picada do mosquito contaminado. O mosquito transmissor tem como características a cor preta, é menor que os comuns e apresenta pequenos riscos brancos no dorso da cabeça e nas pernas.

Seu tempo de vida é de 30 dias e pode gerar até 1500 novos mosquitos. Seu habitat é urbano, ou seja, ele vive perto do homem e dentro dos domicílios. Ele tem hábitos diurnos e alimenta-se de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir dos ovos colocados pelas fêmeas.

Sintomas

Os sintomas são manchas na pele, dores no corpo e febre. Em casos suspeitos, evite a automedicação e procure um médico imediatamente.

O que fazer para se proteger

A melhor maneira de prevenir a dengue é impedir a reprodução do mosquito. Você pode agir de várias maneiras:

- Tampar caixas d’água e colocar telas;
- Manter bem fechados toneis e barris d’água;
- Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;
- Não deixar a água da chuva se acumular sobre pisos e lajes;
- Trocar a água dos vãos de plantas aquáticas e lavá-los com escova, água e sabão uma vez por semana;
- Manter limpos e com escovação frequente os bebedouros de animais;
- Jogar no lixo todo objeto que possa acumular água, como potes, latas e garrafas vazias;
- Encher de areia até a borda os pratinhos dos vasos de plantas;
- Guardar garrafas vazias viradas para baixo e deixar pneus em abrigos;
- Usar repelente.


Leia Também

Administração firmará convênio para manutenção da Barragem Eclusa

25/09/2018

O investimento será de aproximadamente R$ 3 mil

Prefeitura entrega mais uma casa do PAC 2 em Bom Retiro do Sul

24/09/2018

Com esta entrega, já são 22 famílias contempladas com novas residências


Ações incentivam valorização da vida

20/09/2018

Programação orienta comunidade sobre prevenção ao suicídio. Tema também será abordado em seminário na terça-feira, dia 25

Novo parque de negócios e lazer na região

20/09/2018

Empreendimento no quilômetro 357, em Estrela, deve receber investimento de cerca de R$ 10 milhões até agosto de 2019