Estrela

Como você escolhe os seus candidatos?

Neste ano, eleitores estão mais atentos à ficha limpa de partidos e candidatos

14/09/2018 - Estrela

Faltando três semanas para as Eleições 2018, muitas pessoas ainda não decidiram em quais candidatos irão votar. Mas muitos já decidiram os critérios que irão utilizar na hora de decidir seu representante. Neste ano, cada eleitor deverá escolher um candidato para presidente, governador, deputado federal, deputado estadual e dois senadores.

Na página do Jornal Nova Geração no Facebook, foi feito um questionamento para os eleitores. Lá, eles foram convidados a responder: O que você irá considerar importante no candidato para definir seu voto? A ficha limpa, tanto do candidato, quanto do partido, e a não reeleição, foram pontos mais observados pelos leitores que participaram da enquete. 

De acordo com o jornalista e documentarista, pós-graduado em Comunicação Legislativa, Deraldo Goulart, que é de Estrela e atualmente reside e trabalha em Brasília, apesar da Lei da Ficha Limpa já estar em vigor desde as eleições anteriores, de 2010 e 2014, somente nessa ela representa de fato um componente novo na escolha do candidato. “O eleitor está se pautando pela depuração das candidaturas, que ocorre também em parte pela grande divulgação da Operação Lava Jato. Assim, inicia uma conscientização de que para quem governar ou legislar é preciso ter uma conduta ilibada, sem envolvimento na corrupção. Ou seja, esse é um dos grandes fatores que dá o diferencial nessas eleições”, comenta.

Além disso, alguns se mostram indecisos quanto à escolha, diante da insatisfação com o espaço cedido na imprensa para pronunciamento de certos candidatos, principalmente nos debates presidenciais organizados por emissoras de televisão. “A Lei Eleitoral em vigor impede tratamento privilegiado a candidatos no rádio e na televisão, mas o que se vê é o descumprimento da legislação. As emissoras definiram um critério que tira do palanque eletrônico a maioria deles. Dos 13 postulantes à presidência, apenas quatro foram chamados à bancada do Jornal Nacional, por exemplo, o que podemos chamar de censura privada”, explica.

Para ele, a conduta adotada por alguns veículos de comunicação impede que a sociedade tenha as informações necessárias para fazer um voto consciente. “Na medida em que um veículo de forma deliberada ignora um nome, ele nega à sociedade o direito de ter informações sobre aquela campanha e sobre o que pensa o candidato”, analisa.

Na página do Jornal NG no Facebook, os eleitores foram convidados a responder: O que você irá considerar importante no candidato para definir seu voto?

Tatiani Cesar

“Acho muito ruim esta tal "democracia" onde não são todos os candidatos convidados aos debates presidenciais. Fico pensando se na verdade não nos impõem uma meia dúzia e não nos permitem saber como os outros se sairiam. Não estou confiante em fazer escolhas ainda e estou achando muita mídia para alguns e nada para outros. Acho importante saber o posicionamento dos candidatos quando questionados, mas infelizmente não estou podendo avaliar o todo.”

Astor Schwarzer

“A peneira está comendo e a cada programa político (que mais parece a hora do milagre) vamos excluindo peças deste tabuleiro. Critérios? Para começar, ficha limpa sem dúvida. Partidos? Temos que olhar o passado. No meu ponto de vista não reeleger velhas raposas já é um bom começo.”

 

Maurício Dutra Pires

“Candidato e partido ficha limpa!”

Fernando Lino Schwertner

“Se o partido é envolvido em falcatruas, já descarto o candidato de cara.”


Leia Também

Piquenique de Páscoa a céu aberto no Parque

24/04/2019

Adiado na última semana em razão do tempo, torcida é que nesta quinta-feira as atrações possam divertir as 2,1 mil crianças esperadas

Governo de Estrela inaugura academias ao ar livre no interior

23/04/2019

Seis localidades receberam as estruturas, que começam a ser entregues no dia 27 de abril


Jogos Escolares de Estrela adia estreia

22/04/2019

Primeira das nove competições, o atletismo que seria realizado nesta quarta-feira ocorrerá agora dia 8 de maio

Os desafios em pensar no futuro da casa de saúde

18/04/2019

Instituição que completou 90 anos de atividades no domingo, dia 14, quer ser consolidar como referência em saúde no Vale do Taquari