Estrela

Contribuição transformada em ação

Valor devido à Receita Federal pode ser destinado a iniciativas e projetos que beneficiem entidades do município

14/12/2018 - Estrela

Por meio da destinação dos valores devidos no Imposto de Renda (IR), é possível ajudar entidades e projetos de Estrela sem gastar. No ano base de 2017, foram R$ 92.437,89 arrecadados, maior valor registrado no município, que será dividido entre instituições.

Em Estrela, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) é o responsável por fiscalizar o andamento dos projetos das entidades contempladas com recursos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMCA).

O valor registrado referente ao ano de 2017 aumentou cerca de 67% se considerada a destinação de R$ 111 mil correspondente aos anos de 2015 e 2016.

Conforme a vice-presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, Elaine Görgen Strehl, de acordo com dados de 2016, o potencial de destinações no município pode chegar a até R$ 764.463,30. “Mas, se levarmos em conta que aumentou a renda dos estrelenses, esse valor aproxima-se de R$ 1 milhão”, comenta.

Como colaborar

Os contribuintes, considerados Pessoas Físicas, podem repassar até dia 28 de dezembro (último dia útil bancário), 6% do imposto devido à receita, percentual que baixa para 3% se for em 2019, com prazo até abril, enquanto Pessoas Jurídicas podem destinar até 1% do imposto devido. Para contribuir, o modelo de declaração deve ser completo.

Elaine destaca a importância da participação dos contadores na hora de realizar a declaração do IR e de prever os valores devidos à Receita Federal. “Esses profissionais sempre oferecem esse serviço de simulação. Bem como estão preparados para o preenchimento correto da declaração, visando a melhor forma de opção ao contribuinte e calculando os valores que cada um pode destinar ao FMCA”, comenta.

Além disso, a contadora reitera que o valor não é uma doação, já que o dinheiro destinado é descontado da dívida do IR. “Se as pessoas não destinarem a Estrela, esse valor vai para um fundo único da União. Aqui, esse valor é repassado para entidades que conhecemos e que merecem”, destaca. 

Música que contribui

A Apae de Estrela utiliza os recursos do fundo para proporcionar aulas de música aos alunos. Segundo a diretora Rose Tolio, o valor foi revertido para o pagamento do professor e compra de instrumentos. “Na abertura do Natal em Estrela tivemos um retorno do que este projeto representa para nossos estudantes, fora os outros momentos em que eles vêm se apresentando. A música é importante porque desenvolve desde o sistema cognitivo até o motor. É um trabalho maravilhoso e pretendemos continuar incluindo novos projetos.”

Rose destaca a importância da contribuição da comunidade na destinação do IR. “Assim podemos proporcionar melhorias, sejam elas físicas ou emocionais. A Apae não tinha condições de contratar um professor de música, mas por conta do projeto foi possível. Os alunos estão mais felizes, dedicados e mostrando esse lado da musicalidade e de expressão corporal. Ano que vem pretendo continuar com a música e incluir aulas de dança e teatro”, comenta.

Entidades beneficiadas

- Associação de Ecologia e Canoagem (Aeca);
- Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) Estrela;
- Associação Educacional Colmeia;
- Associação Semeadores;
- Igreja Adventista do Sétimo Dia – Clube de Desbravadores;
- Igreja Evangélica Assembleia de Deus Estrela;
- Sociedade Evangélica Educacional de Estrela.


Leia Também

Languiru irá inaugurar supermercado em Estrela

20/06/2019

Unidade tem previsão de inauguração em julho

Com braço atrofiado, a espera pela cirurgia

20/06/2019

Ana Aguiar está com o cotovelo quebrado


Atraso em obra de quadra coberta mobiliza pais

20/06/2019

Construção da estrutura no Bairro das Indústrias foi iniciada em 2014

Justiça nega pedido de liminar e obras agora estão autorizadas em prédio da Polar

20/06/2019

Medida evitaria realização de qualquer modificação no prédio