Vale do Taquari

Cresce área ocupada por propriedades

Censo Agropecuário mostra retração no número de estabelecimentos, mas aumento de hectares

31/10/2019 - Vale do Taquari

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

Na última semana, o IBGE divulgou os dados definitivos do Censo Agropecuário 2017, que demonstram, entre os diversos setores da agricultura analisados, a queda no número de estabelecimentos agropecuários (propriedades com fins comerciais e de subsistência). Em contrapartida, com relação ao último levantamento de 2006, apontam que em Bom Retiro do Sul, Colinas, Estrela e Fazenda Vilanova, as áreas ocupadas aumentaram (veja tabela).

O deputado federal Heitor Schuch, em entrevista à Rádio Independente, disse que o Censo confirmou uma série de suspeitas que já existiam: como o envelhecimento do campo. “Ou seja, as pessoas mais jovens estão saindo do meio rural. Isso preocupa demais, porque a pergunta é: quem vai estar lá no meio rural quando os idosos de hoje não estiverem mais?, indaga.

Para ele, não bastam terras boas, férteis e sementes de qualidade se não tiverem pessoas capazes de fazer a agricultura e a pecuária evoluírem. “É isso que fará a produção aumentar”, salienta. Ele também destaca os dados apresentados que comprovam a concentração fundiária. “Muitos agricultores venderam sua área de terras para produtores que já estão mais consolidados. Essa concentração também é um fato que está claro nesse trabalho do IBGE”, diz.


Leia Também

Sincovat e Aescon empossam nova diretoria

09/12/2019

Solenidade ocorreu no sábado

IBGE aponta que Estrela tem terceiro maior saldo positivo de nascimentos no Vale

06/12/2019

Bom Retiro do Sul, Estrela e Fazenda Vilanova tiveram mais nascimentos do que óbitos


Prefeitos contra a extinção de municípios

06/12/2019

Amvat se manifestou na Mobilização Municipalista referente a proposta que acaba com cidades com menos de cinco mil habitantes

Indústrias alavancam retorno de ICMS

06/12/2019

Além de atrair novos empreendimentos, municípios devem investir no setor primário para aumentar receita, sugere contador