Estrela

Estrela deve sediar curso para soldados

05/02/2016 - Estrela

 

Durante sete meses Estrela poderá ficar ainda mais segura se conseguir sediar aulas de uma turma do Curso Básico de Formação Policial Militar (CBFPM). A previsão é de que 60 alunos treinem diariamente contra a criminalidade na cidade.

Apesar de o governador José Ivo Sartori ter assinado decreto que impede nomeações e contratações durante o primeiro semestre de 2016, há esperança de que depois desse prazo sejam convocados os mais de dois mil aprovados no último concurso para a Brigada Militar (BM).

O coronel Humberto Teixeira Santos, chefe do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari (CRPO-VT), é ex-diretor do Departamento de Ensino da Brigada Militar e tem grandes expectativas de que o curso seja ministrado em Estrela caso o governo sinalize a chamada dos aprovados.

Ele explica que o Comando Geral da Brigada Militar em um primeiro momento destinará os alunos convocados para centros de ensino, localizados em Porto Alegre, Santa Maria, Osório e Montenegro. Contudo, eles comportam apenas 600 alunos. Caso esse número ultrapasse, o que é provável, segundo ele, o Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO-VT) será voluntário para sediar duas turmas, com 60 alunos.

Teixeira diz que Estrela é a cidade do Vale do Taquari com melhor estrutura para esse treinamento em função do fácil acesso e estrutura oferecida pelo município para as aulas. Os instrutores devem ser oficiais da região e o efetivo poderá permanecer em parte aqui. “O militar que tiver notas altas poderá primeiro escolher o seu destino, depois a BM que faz a classificação para os demais destinos, ai pode entrar a nossa região.”

 

Estrutura adequada

Para ser voluntário a sediar aulas o CRPO-VT terá que apresenta uma espécie de projeto à BM que mostra que terá estrutura adequada para isso. O coronel salienta que é preciso ter salas de aula, alojamentos femininos e masculinos, banheiros, sala de ginástica, linha de tiro e outros espaços apropriados para as aulas especiais.

No fim do mês de janeiro o comandante regional; o prefeito de Estrela, Carlos Rafael Mallmann; o comandante do 40º Batalhão de Polícia Militar (40º BPM) de Estrela, major Marcelo de Abreu Fernandes; e o comandante da BM em Estrela, capitão Jorge Luiz Engster; visitaram uma escola da cidade que será a sede das aulas. O governo deixou claro que auxiliará nas tratativas para que o processo ocorra ainda neste ano.


Leia Também

Implantação de Força Tática em Estrela pauta encontro

16/09/2019

Entidades vão iniciar mobilização no município para buscar recursos para viatura e equipamentos

Orçamento de Estrela cresce 3,2%

13/09/2019

Proposta foi apresentada em audiência pública


600 são esperadas hoje para o 34º Sarau de Damas

13/09/2019

Evento ocorre na noite desta sexta-feira. Ingressos ainda estão à venda

Estrelense lança novo livro

13/09/2019

Obra de ficção “A Excursão” será apresentada nesta sexta-feira