Polícia

Ex-desembargadora afirma que a violência doméstica precisa reduzir

13/04/2012 - Polícia

O encerramento da programação do VI Multimulher ocorreu na noite da última sexta-feira, na sede social da Sociedade Rio Branco, com palestra da advogada e ex-desembargadora do TJ-RS, Maria Berenice Dias.

O evento teve como tema O amor não rima com a dor, e foi acompanhado por profissionais da área do direito, estudantes do ensino médio e simpatizantes
A vice-presidente do Instituto Brasileiro dos Direitos da Família fez um histórico dos direitos femininos desde antes de 1932, quando as mulheres não podiam votar, até os dias atuais, com o Lei Maria da Penha, que é conhecida por 85% da população brasileira. Segundo Berenice, os avanços vêm ocorrendo, porém ainda não existe uma igualdade com os homens, principalmente nas questões trabalhistas.

Segundo Berenice, a violência doméstica vem diminuindo, mas ainda é o crime mais incidente no país, sendo que a cada 15 segundos uma mulher é violentada no Brasil. “É necessário uma conscientização social e uma política de Estado quanto a não violência, para que esta realidade seja modificada”, explica.
Atualmente 22 mil processos tramitam na única vara de violência doméstica do Rio Grande do Sul. Conforme a ex-desembargadora, normalmente quando a mulher denuncia para a polícia é porque já foi violentada outras vezes. E mesmo aquelas que denunciam, em sua maioria acabam desistindo de representar contra o seu companheiro.
O VI Multimulher, que contou com ações como blitz, palestras, encontros, fóruns e shows, teve a organização de 14 entidades de Estrela.


Leia Também

Preso por tráfico em Bom Retiro do Sul

30/03/2020

Homem estava com um tijolo de maconha e pinos vazios para embalar cocaína

DP em reforma

21/02/2020

Inicialmente ocorrem adequações na alvenaria


Corpo é encontrado em avançado estado de decomposição

18/02/2020

Homem estava em sua residência, no Bairro Oriental em Estrela

Idosa morre após ser atropelada na área central de Estrela

07/02/2020

Ela atravessava a rua quando foi atingida por um veículo