Estrela

Abuso nos decibéis e estacionamento de motos pautam Mallmann

13/04/2012 - Estrela

O vereador Joel Barcelos Mallmann (PSB) trouxe dois principais assuntos em seu pronunciamento na Tribuna da sessão de segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Estrela. O primeiro deles refere-se ao abuso no uso de propaganda de rua por parte das empresas que trabalham com o serviço de moto-som. Conforme o vereador, no último final de semana, em especial no domingo pela manhã, por volta das 7h30min, já havia um veículo em alto som passando pelas ruas da cidade. “Recebi ligações indignadas com esse procedimento que não pode se repetir”, afirma. Conforme o parlamentar, há legislação no município que estabelece os horários adequados para esse tipo de propaganda. Quanto ao abuso no volume, Mallmann ressalta que a fiscalização sob responsabilidade da Brigada Militar é ineficiente pela falta de um decibelímetro, aparelho utilizado para medir a intensidade do som. “Sem esse equipamento não é possível determinar se o som está mais alto do que a legislação vigente permite, mesmo assim a questão do horário deve ser fiscalizada”, observa.

Por outro lado, o peesedebista falou sobre o estacionamento de motos no Centro do município, destacando ter recebido reclamações de motoristas que deixam o veículo fora dos locais demarcados, ou seja, próximo as esquinas. Disse que o município tem normativa que estabelece estes espaços como propícios para o estacionamento e que a BM poderá multar os que estiverem nos locais demarcados para veículos de passeio.


Leia Também

Municipalização avança na ERS-129

15/02/2019

Há uma pré-agenda com a Secretaria de Logística e Transportes do Estado dia 20

Produtores recebem certificação de produção orgânica

15/02/2019

Cadastro permite a comercialização dos produtos para o consumidor final


Câmeras para coibir descarte incorreto

15/02/2019

Ação proposta pelo secretário do Meio Ambiente visa diminuir a quantidade de materiais acondicionados em locais impróprios

Mãe pede ajuda para custear estadia

15/02/2019

Estevan, de 5 anos, luta contra a leucemia e família precisa de ajuda financeira para permanecer em Curitiba após o procedimento