Estrela

Divina Providência vai assumir Hospital

Rede possui mais duas casas de saúde no Vale do Taquari e duas em Porto Alegre

15/11/2018 - Estrela

A partir de 1º de janeiro de 2019, a Rede de Saúde Divina Providência assume a gestão do Hospital Estrela, que atualmente é administrado pelas Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã. O acordo particular de transferência da atividade hospitalar e patrimônio foi assinado na manhã de quarta-feira, dia 14, quando representantes das duas entidades e também autoridades se fizeram presentes no auditório da casa de saúde estrelense.

Assinaram o compromisso, a presidente da Associação Franciscana de Assistência à Saúde e diretora do Hospital Estrela, irmã Teresia Sonia Steffen; a superiora provincial da Província Mãe da Providência, irmã Inês Pretto; e a presidente da Sociedade Sulina Divina Providência, irmã Clair Teresinha Agnes.

No discurso realizado, a ministra provincial das Irmãs Franciscanas, irmã Mônica de Azevedo, afirmou que a instituição marcou a história de milhares de pessoas e que a parceria tem por objetivo buscar a continuidade da atividade hospitalar. “Passamos por grandes transformações, vivemos tempos difíceis e mudanças de gestão. Nós, irmãs franciscanas, queremos que essa história continue e que a sua estrela brilhe sempre mais forte pela missão pela qual o hospital foi fundado: cuidar da vida e da saúde do povo estrelense e da região”, disse.

Assim, o imóvel do hospital foi repassado gratuitamente às irmãs da Divina Providência e as atividades para a Sociedade Sulina. “A rede ficou muito surpreendida com a qualidade do hospital e com a equipe em serviço. Por isso não imaginamos entrar aqui e fazer grandes transformações, mas a ideia é nos organizarmos em rede, para poder otimizar as estruturas, e com isso ter ganho de escala”, afirmou o diretor de propósito e desenvolvimento da Divina Providência, Mario Jaeger.

Dados atuais

O Hospital Estrela possui atualmente 412 funcionários, 119 leitos (sendo 74% SUS) e 81 médicos no Corpo Clínico. A Rede da Divina Providência possui quatro hospitais: São José, de Arroio do Meio; Santa Isabel, de Progresso; e Providência e Independência, na capital.

Opinião de estrelenses

“Não lembro de alguém ter morrido por falta de atendimento no nosso hospital e ninguém deitado nos corredores como se vê nas notícias em outros. Parabéns para as irmãs que cuidaram do hospital. E quanto ao tratamento, este tive sempre com respeito.”
Marly Fell 

“O povo só reclama, enchem o hospital com dor de barriga, dor de cabeça sendo que Estrela tem um posto em cada bairro, daí querem agilidade no atendimento. Se todos se conscientizassem que pronto socorro é para urgência e emergência, com certeza o hospital atenderia mais rápido.”
Sonia de Sena

“Tomara que se realize, já estava na hora de ter mudança, porque nosso atendimento está crítico principalmente no pronto atendimento.”
Michele da Silva

“Espero que comecem a diagnosticar melhor o povo, que botem profissionais competentes para cuidar da população porquê do jeito que está, tenho pena das pessoas.”
Juliano Vendruscolo


Leia Também

Apae relança campanha solidária

14/12/2018

Todos podem auxiliar com a quantia que puderem, por meio de débito em conta

Contribuição transformada em ação

14/12/2018

Valor devido à Receita Federal pode ser destinado a iniciativas e projetos que beneficiem entidades do município


Cartinhas de idosos podem ser adotadas na Vovolândia

14/12/2018

A entrega dos presentes será feita na Festa de Natal, no dia 22

Crianças dos Cemais vão para o Sesi

14/12/2018

Titular da Sedesth, José Itamar Alves, informou que os 119 alunos das duas unidades já têm vaga garantida