Estrela

Em busca de melhorias para a melhor idade

Propostas têm por objetivo assegurar os direitos fundamentais

22/03/2019 - Estrela

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

Lorena Hauschild tem 64 anos. Pela lei, já é considerada idosa desde os 60, mas prova que a idade cronológica não representa necessariamente o envelhecimento. Coordenadora de diversos grupos que envolvem a terceira idade, ela é uma, em um universo de cerca de cinco mil idosos de Estrela, que serão beneficiados por prioridades definidas na 1ª Conferência Municipal do Idoso (leia quadro) que podem virar lei.

Ela destaca a saúde como uma das áreas com mais demanda. Explica que a maioria dos idosos recebe salário mínimo, e tem dificuldades para a compra de medicamentos de uso contínuo que, muitas vezes, não estão disponíveis nos postos de saúde. “A pessoa que precisa tem que ter eles disponíveis de forma gratuita. Outra questão também é a fralda geriátrica.”

A situação encontrada em Estrela é múltipla, por isso ela salienta: “temos muitos idosos de 70, 80 anos que estão muito bem, mas têm pessoas em situação de abandono, depressão, com problemas sérios de saúde, e que precisam de ajuda.”

As demandas definidas serão apresentadas na 6ª Conferência Estadual da Pessoa Idosa, agendada para os dias 31 de maio, 1º e 2 de junho, em Porto Alegre, e as aprovadas levadas à conferência nacional. “A partir do momento que viram leis, conseguimos recursos para esses projetos”, explica o secretário de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth), José Itamar Alves.

Principais propostas:

Assistência social: implantação de Centro-Dia para convivência de idosos; ampliação dos grupos e serviços existentes, como Gracie e grupos de artesanato; e atendimento a domicílio do Cras e do Creas para idosos com dificuldades de locomoção;

Moradia: garantir 10% das unidades habitacionais de programas governamentais a idosos;

Lazer: proporcionar atividades de lazer como forma de evitar o isolamento e convívio social;

Saúde: garantir atendimento domiciliar para cuidados do idoso, com equipe multiprofissional; abastecimento de medicamentos pelo município; e a criação de Centro de Atendimento para o Idoso;

Cultura: desconto de 50% de qualquer entrada para idosos em eventos do município;

Transporte: criar legislação para acesso a todas as pessoas com mais de 65 anos no transporte público, de forma gratuita nas áreas urbana e rural;

Esporte: ampliar núcleos do Projeto Vida, garantindo mais idosos na prática esportiva;


Leia Também

Gracie marcará participação na Festa do Colono e Motorista de Estrela

19/07/2019

Evento programa o "Dia do Vovô e da Vovó" e grupos da terceira idade contarão com atrações

Escrita como meio de se encontrar

19/07/2019

Jandiro Koch conta os desafios de escrever livros voltados ao tema gênero


O 25 de julho e a imigração alemã

19/07/2019

Foi instituído solenemente como feriado estadual durante o governo do general Flores da Cunha

Costumes que permanecem

19/07/2019

Alemães mantiveram o próprio idioma e desenvolveram círculos de amizades