Variedades

Especial Dia do Psicólogo: não deixe que a ansiedade te afete!

Psicóloga Clínica e Organizacional Alana Pavi - CRP 07/14.844

23/08/2019 - Variedades

O que vem à cabeça quando você escuta a palavra ansiedade? Agitação? Tensão? Falta de concentração? Preocupação excessiva? Fadiga? Irritabilidade? Sentimentos, sensações e comportamentos variados estão relacionados a esta emoção, quando ela foge de nosso controle.
A ansiedade, por ser uma reação fisiológica à percepção de perigo eminente, em proporção saudável, nos prepara para enfrentar desafios, mas em alto nível pode prejudicar nossa qualidade de vida, afetando nossa saúde mental.

Ambiente tóxico

Um dos principais gatilhos para crises de ansiedade é um ambiente de trabalho tóxico, que possui desafios diários, principalmente ligados à pressão por resultados full time, carga excessiva de trabalho, insatisfação profissional, competitividade e até mesmo a dificuldade de relacionamento com os colegas, entre outros.

O corpo manda alertas

Fique atento quando você sentir que seu corpo fica em alerta constante, sentindo cansaço excessivo, sudorese, batimentos cardíacos acelerados, inquietação, falta de ar, tontura, tensão muscular, dores de cabeça, náuseas, sensação que algo de ruim irá acontecer, medo, impaciência, indisposição para realizar as tarefas, falta de concentração, procrastinação e perturbação do sono. Diante de três ou mais sintomas persistentes por mais de seis meses acompanhado de preocupação excessiva você pode estar desenvolvendo um distúrbio chamado Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).

Como diminuir a ansiedade?

Para diminuir a ansiedade no ambiente de trabalho e ter uma melhor qualidade de vida, primeiramente, identifique o que está lhe causando desânimo fazendo uma análise da rotina diária. Crie novos hábitos: pratique exercícios físicos, estabeleça prioridade na sua rotina, medite, reserve momentos para o lazer e para um hobby, seja flexível, esteja mais tempo na companhia de quem você ama, pratique mindfulness, pratique técnica de respiração, faça leituras e, se mesmo assim não ajudar, procure um profissional da saúde mental e faça terapia com um psicólogo.

Contatos e endereço

Realiza atendimento online e também presencial. O contato é o (51) 99873-1561.
- Rua Fialho de Vargas, 320/402, no Centro de Lajeado.
- Rua Carlos Schnorr, 84, 1º andar, sala 84, no Centro de Santa Clara do Sul.


Leia Também

Peças Plus Size à disposição

13/09/2019

Coleção Primavera/Verão tem peças do PP ao XGG

CTG Raça Gaudéria com intensa programação

13/09/2019

Semana Farroupilha inicia nesta sexta-feira


Baly lança energético tropical

13/09/2019

Bebida já está disponível nos mercados da região

25 anos de tradição

13/09/2019

Promoção de aniversário vai premiar clientes com vales