Estrela

Ex-prefeitos emitem manifesto pela redução de salários

30/03/2016 - Estrela

Os ex-prefeitos Hélio Musskopf, Günther Ricardo Wagner, Leonildo José Mariani, Geraldo Fernando Manica, assim como a ex-vice prefeita Irene Terezinha Heim Veloso da Silveira, assinaram documento apoiando a reivindicação do Movimento Cidadão Convicto. Trata-se da petição que busca reduzir o salário dos vereadores dos atuais R$ 6,5 mil para R$ 1,3 mil, estabelecendo como teto o salário dos professores da rede municipal. No documento, eles afirmam que na condição de ex-mandatários devem apoiar iniciativas que reflitam “de maneira fiel e a vontade dos eleitores, a qual tem sido muitas vezes ignorada por seus representantes”.

Alegam que o atual momento não permite o silêncio, referindo-se à crise ética e econômica que não pode ser desprezada. Explicam que esta deve servir de aprendizado, independente da cidade ou comunidade. “Não julgamos plausível que cargos que dispensam dedicação integral recebam remuneração tão elevada, em total descompasso com a nossa realidade.”

Referem-se ainda quanto à importância da economia que poderia ser gerada aos cofres públicos e à questão moral que fundamenta a proposta. “É necessário que a sociedade se organize para desmotivar a candidatura de pessoas que não possuem vocação política e que não estão dispostas a se sacrificar pela cidade e dedicar parcialmente o seu tempo sem receber em troca tamanha vantagem econômica.”

Por fim, reforçam o apoio ao movimento e ao projeto de lei, convidando a população a também assinar e “ajudar não apenas na economia das contas municipais, mas a moralizar a política da nossa querida cidade”.


Leia Também

Gracie marcará participação na Festa do Colono e Motorista de Estrela

19/07/2019

Evento programa o "Dia do Vovô e da Vovó" e grupos da terceira idade contarão com atrações

Escrita como meio de se encontrar

19/07/2019

Jandiro Koch conta os desafios de escrever livros voltados ao tema gênero


O 25 de julho e a imigração alemã

19/07/2019

Foi instituído solenemente como feriado estadual durante o governo do general Flores da Cunha

Costumes que permanecem

19/07/2019

Alemães mantiveram o próprio idioma e desenvolveram círculos de amizades