Estado

40º Batalhão da BM

15/03/2013 - Estado

POE já testou e aprovou a dinâmica obtida com a utilização dos tablets / Mariana Bechert

 

Tecnologia a serviço da segurança

 

Tablets, GPS e câmeras filmadoras portáteis de um lado. Bicicletas do outro. Num misto de tecnologia com velhas conhecidas seguirá o trabalho do 40º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Estrela, responsável por 11 municípios. Num modelo inédito para a região e o Estado, a instituição se moderniza e torna mais eficiente seu trabalho, sem esquecer a sustentável preocupação com o ambiente.    

 

A partir desta semana, entre outras aquisições, os brigadianos e outros profissionais trabalharão com novos equipamentos. Entre eles, tablets com acesso à internet nas viaturas. Foram cinco aparelhos recebidos. 

 

De acordo com o major César Augusto da Silva, comandante geral do 40ª Batalhão, será uma maneira de tornar mais segura as interpelações. “Por exemplo, caso o policial suspeite de um carro, ele poderá fazer via tablet uma consulta direta ao sistema, banco de dados, e assim saber se o veículo é roubado. Ou se o motorista parado é um fugitivo ou tenha alguma acusação. Hoje é preciso fazer o contato via 190 e então realizar uma nova consulta”, explica o major. 

 

Um dos aparelhos já está em uso pelo Pelotão de Operações Operacionais (POE). O soldado Tiago Luis da Silva detalha o novo equipamento. “É útil por diversos motivos. Podemos verificar se a pessoa é mesmo quem diz ser em caso de esquecimento do documento ou verificar se há possíveis pendências judiciais. Sem contar a conferência direta do chassi de um veículo”, diz. Os outros quatro tablets dependem de detalhes operacionais para entrarem em uso. “Isso tornará as abordagens seguras e exatas”, diz o major César.

 

Entre outras novidades estará o trabalho com microfilmadoras. A medida visa registrar as abordagens, para que se tenha uma ideia das dificuldades ou conhecimento das ocorrências, e também será uma forma de fiscalizar a atuação dos profissionais. “São filmadoras com possibilidade de se realizar até dez horas de gravações ininterruptas. Vai facilitar a confirmação de uma denúncia de mal trato, caso exista. E são muitos os casos que as imagens e o áudio serão fontes para inúmeras consultas”, detalha ele. O soldado Tiago da Silva completa. “Vai nos possibilitar registrar toda a abordagem, confirmar o comportamento da pessoa abordada como também as nossas ações e isso vai gerar transparência.” 

 

O pelotão estrelense também já opera com GPS nas suas 11 viaturas. “Isso facilita na parte estratégica de uma operação, quanto ao posicionamento e localização das viaturas e também para controle interno, pois se pode verificar a velocidade delas”, completa o capitão Gyovanni Bortolini Machado.     

 

 

Bicicletas

 

Além de avanços tecnológicos, uma antiga conhecida será aliada: a bicicleta. “Conseguimos duas bicicletas para o patrulhamento sustentável e ecologicamente correto de locais como parques e outros pontos da cidade”, explica o major. Para tanto foram comprados uniformes adequados aos policiais na utilização do meio de transporte. “Ou mesmo para um policiamento mais disfarçado quando necessário”, afirma Machado.  

 

 

Projetos

 

De acordo com o major César Augusto da Silva, a aquisição e a verba para estes materiais, inclusive as bicicletas, vieram por projetos elaborados pelo Batalhão de Estrela, e que foram encaminhados para a Justiça Federal. “Não contamos com a colaboração de ninguém aqui e no Estado. Foi um projeto nosso ao qual a Justiça Federal reconheceu valor e abraçou a ideia, nos enviando estes materiais, alguns, frutos de apreensões.” 

 

Outro projeto foi encaminhado e visa a modernização da sala de controles e vigilância da BM de Estrela, possibilitando maior efetivação destes novos recursos como também da futura colocação de câmaras de vigilância pelas ruas do município. Há ainda a elaboração de projetos, mas estão mais ligados à área social, envolvendo principalmente crianças e jovens.

 


Leia Também

Governador Eduardo Leite é notificado pela justiça para restaurar isolamento horizontal

31/03/2020

DPU, MPF e MPT expedidam notificação conjunta recomendando ao chefe do Executivo estadual retorno à normativa anterior que não permitia trabalho em atividades não essenciais

Aplicativo Menor Preço permite consulta de produtos de prevenção à Covid-19

30/03/2020

Foi criado um atalho para consulta rápida de alguns itens de prevenção ao coronavírus e ao telefone do estabelecimento


Vigilância passará a testar para o coronavírus apenas casos internados

23/03/2020

Decisão do Estado foi publicada na manhã desta segunda-feira

Mudança retira a possibilidade de parcelamentos no IPVA

04/11/2019

Mudanças foram anunciadas nesta segunda-feira