Estrela

Fell critica proposta de redução de vereadores

Para ele, sugestão enfraquece o Legislativo e diminui a representatividade

27/08/2019 - Estrela

Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Estrela da segunda-feira, dia 26, o vereador Norberto Fell (PPS) informou que recebeu as respostas aos pedidos de informações sobre as diárias utilizadas pelo secretário da Fazenda, Henrique Lagemann. "Essa pauta ficará em voga por muito tempo e nem mesmo a ideia lamentável de um colega nosso de diminuir a representatividade desta Câmara vai tirá-la do foco", disse, referindo-se à proposta do vereador Marco Wermann (PV), que sugere reduzir a nove o número de legisladores. De acordo com Fell, o custo de cada vereador é de R$2,94 ao mês por habitante. "Reduzir é obstaculizar o acesso à informação da comunidade", afirmou. Para ele, a sugestão enfraquece o Legislativo e falou, inclusive, na necessidade de cada bairro e comunidade terem um representante.

Para Márcio Mallmann (PP), é muito interessante ouvir as pessoas e comentou estar fazendo isso. "Falei com muitos e acham que deve-se manter os 13 vereadores." Ele acredita que é necessário fazer com que as pessoas voltem a confiar nos políticos. "A representação é uma arma muito poderosa e fundamental. Precisamos avançar cada dia mais."

Débora Martins (MDB) falou que o debate é importante para mostrar que os vereadores atuam efetivamente. "Será discutido democraticamente, como sempre. Não representamos apenas quem votou em nós. A partir do momento em que fomos eleitos, nós representamos a todos, somos vereadores do município de Estrela e não de um grupo."

Ausente na sessão por motivos de saúde, Wermann alegou que sempre trabalhou sem expor ninguém e respeitando o tempo e as posições de cada um. De acordo com ele, o debate sobre o futuro e, principalmente, sobre finanças não pode ou deve ser pessoalizado. "Sempre busquei o debate respeitoso com todos. É um momento de transição na política e tem muitas pessoas bastante agitadas com isso, mas nem por isso o debate pode deixar de ser feito, sempre ouvindo as pessoas, nunca impondo nada, que é a forma que sempre trabalhamos em 12 anos de mandato, com diálogo e construção coletiva."

Fell também relatou a falta de uso de EPI por parte de um trabalhador no Centro Cultural Celso Brönstrup. "Mandei a foto para a segurança e pouco depois ele estava usando o equipamento." Conforme o vereador, esse tipo de fiscalização também compete aos edis.

Fiscalização

Tiago Lehnen (PSDB) comemorou a entrega do conserto da goleira no Bairro Auxiliadora e pediu melhorias na sinalização de trânsito. Ele comentou sobre o descarte irregular de lixo que têm ocorrido de forma recorrente em terrenos baldios nos bairros do município. "Pedimos a fiscalização da prefeitura para que notifique quem descumpre o código de posturas."

Trânsito

Márcio Mallmann (PP) disse ter entrado em contato com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Paulo Finck, buscando uma alternativa mais segura para o trânsito na entrada à Linha Porongos, na BR-386, próximo ao 386 Business Park. 


Leia Também

Soges busca opções para se manter

27/12/2019

Direção do clube centenário diz que não tem como arcar com indenização milionária e pensão vitalícia

Câmara de Vereadores devolve R$ 100 mil ao Executivo

27/12/2019

Entrega de documento foi realizada na tarde de quinta-feira


Prefeitura faz ponto facultativo nos dias 30 e 31 de dezembro

27/12/2019

Município vai manter somente os serviços essenciais no período. Dia 1º não haverá coleta de lixo

Inscrições de crianças na Central de Vagas das Emeis até esta sexta-feira

27/12/2019

Período só será retomado em fevereiro