Estado

Gasolina no RS é mais cara que a média nacional, aponta pesquisa da ANP

Pesquisa realizada pela ANP indica que preço do litro da gasolina comum no estado varia de R$ 4,06 a R$ 4,69.

04/12/2017 - Estado

preço médio do litro de gasolina comum no Rio Grande do Sul é quase 20 centavos mais caro que a média nacional, conforme pesquisa realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O levantamento foi feito do último domingo (26) até este sábado (2).

A agência pesquisou postos de combustíveis de todos os estados mais o Distrito Federal e constatou que o preço médio da gasolina comum no país é de R$ 4,05. Em solo gaúcho, o valor é de R$ 4,24.

O menor preço da gasolina comum encontrado pela ANP no estado foi de R$ 4,06, nos municípios de Sapucaia do Sul e Viamão, ambos localizados na Região Metropolitana de Porto Alegre. O mais caro, contudo, foi de R$ 4,69, em São Gabriel, na Região da Campanha.

Em Porto Alegre, o levantamento mais recente do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) municipal, realizado na sexta-feira (1), encontrou o litro da gasolina comum de R$ 4,09 a R$ 4,30. De acordo com o órgão, 41 postos foram pesquisados, sendo que um reduziu o valor do combustível, quatro elevaram os preços e o restante não alterou o custo em relação à averiguação anterior, praticada na segunda-feira (27).

 

Preço da gasolina nos demais estados

 

O menor valor do litro de gasolina comum foi encontrado em São Luís, capital do Maranhão. Por lá o combustível é achado por R$ 3,45, de acordo com a ANP.

Já o preço mais alto foi verificado na cidade de Tefé, no interior de Amazonas, onde o custo do litro pode chegar a R$ 4,95.


Leia Também

Aumenta o consumo e a procura pelo GNV

18/06/2018

Mesmo com a paralisação de 15 postos abastecidos com Gás Natural Comprimido durante a greve dos caminhoneiros, as vendas superaram as do mês de abril em 4,1%


Receita Estadual confirma blitz de IPVA para esta quarta-feira

13/06/2018

Porto Alegre e outras 12 cidades do interior do estado terão blitze com barreiras simultâneas com a finalidade de recuperar R$ 285 milhões que deixaram de ingressar nos cofres públicos até o momento

Executivo estadual define horários de atividades administrativas em dias de jogos do Brasil na Copa

12/06/2018

Com relação às escolas da rede pública estadual, no dia 22 de junho não haverá aula para os alunos da manhã. Já no dia 27 os alunos não terão aula no turno da tarde