Estado

Governo cede ao apelo de diferentes bancadas e retira Regime de Urgência do PL 320/2017

Proposição dispõe sobre os honorários de sucumbência dos processos em que o Estado seja vencedor pela atuação dos procuradores do RS

04/04/2018 - Estado

Após apelos de diferentes bancadas - inclusive de oposição -, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Gabriel Souza, solicitou a retirada do Regime de Urgência do Projeto de Lei (PL) 320/2017. A proposição dispõe sobre os honorários de sucumbência dos processos em que o Estado seja vencedor pela atuação dos procuradores do Estado. Também estabelece que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) representa os gestores nas ações. 
 
A decisão foi tomada a pedido dos líderes das bancadas do PP, PTB, Rede, PCdoB, PDT, PSB, PT e PSDB. A intenção dos deputados com esse acordo político é ampliar a discussão sobre a matéria, antes de colocar o tema em votação. 
 
O requerimento do líder do governo foi aprovado com 41 votos favoráveis e quatro contrários. Dessa forma, o PL 320/2017 deixa de trancar a pauta de votações. 
 
Os honorários de sucumbência estão previstos no novo Código de Processo Civil (CPC) e já são pagos aos advogados da União e aos procuradores de diferentes estados. Dessa forma, o PL 320/2017 adequa a Legislação Estadual ao disposto no CPC.

Leia Também

Sartori deve deixar Piratini em julho para disputar reeleição

16/04/2018

Governador cedeu à pressão do PMDB e quer fazer campanha sem limitações

Uergs abre processo seletivo para contratação de professores

16/04/2018

Inscrições podem ser realizadas até dia 18 de maio. Vagas são para Santa Cruz do Sul e Porto Alegre


Semana tem três novos vencimentos para pagamento do IPVA 2018

09/04/2018

Calendário prevê pagamento do imposto conforme a numeração final das placas dos veículos

Sartori empossa seis novos secretários de Estado nesta quarta

09/04/2018

Mudanças ocorreram porque os titulares que ocupavam os cargos até então se desvincularam do governo para concorrer a cargos eletivos no pleito de outubro