Estado

Governo lança estratégia com prioridades regionais para melhorar serviços

O projeto reúne as prioridades, necessidades de investimento e sugestões de melhorias das 28 regiões do Rio Grande do Sul

18/10/2017 - Estado

O governo do Estado lançou, nesta quarta-feira (18), no Palácio Piratini, o Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional dos Coredes 2015-2030. O projeto reúne as prioridades, necessidades de investimento e sugestões de melhorias das 28 regiões do Rio Grande do Sul com o objetivo de qualificar a gestão e agilizar a entrega dos serviços aos municípios. Construída com o apoio das comunidades, a estratégia foi desenvolvida pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).

De acordo com o governador José Ivo Sartori, o governo tem priorizado o que é essencial para os cidadãos. "Porém, para saber o que é prioridade é preciso ouvir o cidadão. A construção destes novos planos estratégicos consolida uma parceria que demonstra o empenho do governo e da sociedade na definição de políticas públicas prioritárias para cada região", enfatizou.

Para o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Carlos Búrigo, a iniciativa facilita o diálogo e aproxima o Estado dos municípios. "Com os novos planos estratégicos, conseguiremos ter uma maior maturidade em relação ao planejamento das ações da gestão no interior. São estudos que, com certeza, nos auxiliarão a compreender melhor as solicitações regionais", afirmou.

O presidente do Fórum dos Coredes, Paulo Fernandes, disse que o novo plano surgiu para atualizar as demandas. "A sociedade evolui e, em consequência, suas necessidades também. Logo, identificamos que seria necessário avaliar novamente os estudos e construir um material atualizado e detalhado", explicou.

Durante o evento, ainda foi apresentada uma edição especial com demandas regionais de maior dimensão, como novas rodovias e aeroportos. Um convênio entre SPGG e Fórum dos Coredes, no valor de R$ 2,5 milhões, garantiu a elaboração dos documentos.

Diálogo com o cidadão

Iniciada em 2015, a atualização do Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional dos Coredes é resultado de debates com a participação das comunidades. Neste período, cada região foi atualizada separadamente, seguindo a metodologia participativa, por meio de oficinas e eventos envolvendo representantes municipais e população. 

A construção da estratégia por região compreendeu quatro etapas: elaboração do Plano de Trabalho Ampliado; diagnóstico e elaboração do relatório de avaliação; elaboração de relatório de propostas e elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional. Todo o processo foi acompanhado por comissões técnica e financeira, formadas por representantes da SPGG, FEE e Fórum dos Coredes.

 


Leia Também

Governo faz última proposta para empregados de entidades em extinção

20/11/2017

Indenização oferecida corresponde a um salário bruto para cada quatro anos de serviço

RS terá R$ 9,4 milhões da Consulta Popular para agricultura familiar em 2018

13/11/2017

Municípios podem encaminhar planos de trabalho até 15 de janeiro


Sistema de encaminhamento de Carteira de Trabalho ainda está instável

13/11/2017

Agência do Sine de Estrela não tem previsão de retorno do serviço

Ieeem recebe premiação da Cipave nesta segunda-feira

13/11/2017

Escola estrelense é destaque no Estado