Estado

Inscrições para o Vestibular 2018 iniciam nesta quarta-feira

Candidatos podem se inscrever da zero hora deste dia 18 até as 23h59min do dia 6 de novembro

18/10/2017 - Estado

As inscrições para o Concurso Vestibular 2018 iniciam a zero hora desta quarta-feira, dia 18, e seguem até as 23h59min do dia 6 de novembro. São oferecidas 4.017 vagas em 89 cursos de graduação. O número de vagas corresponde a 70% do provimento total de 2018, sendo que as demais 30% são destinadas ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

As provas ocorrem entre os dias 7 e 10 de janeiro de 2018, em Porto Alegre, Bento Gonçalves, Imbé e Tramandaí. No momento da inscrição, o candidato deve selecionar a cidade de preferência para realização das provas. A definição de local próximo à residência dos candidatos ocorre após o pagamento do boleto bancário, quando a inscrição é efetivada.

As inscrições têm o valor de R$ 125,00 e são realizadas, exclusivamente, pela internet, no site www.ufrgs.br/vestibular.  São disponibilizados computadores para realização das inscrições na COPERSE, Rua Ramiro Barcelos, 2574 – Portão K – Bairro Santa Cecília, Porto Alegre, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 9h às 17h. Estudantes contemplados no edital de benefícios terão gratuidade ou desconto de 50%, mas o benefício não significa inscrição automática. Esses candidatos devem fazer a inscrição normalmente, na página do Vestibular.

No ato da inscrição, o candidato deverá formular sua opção pelo uso ou não do resultado obtido nas provas objetivas do ENEM 2017 para o cômputo de seu argumento de concorrência. Além disso, o candidato que deseja concorrer às vagas reservadas do Programa de Ações Afirmativas deve fazer uma das opções abaixo:

a) modalidade L1 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita;

b) modalidade L2 – candidato egresso Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena;

c) modalidade L3 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar;

d) modalidade L4 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena;

e) modalidade L9 - candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita e Pessoa com Deficiência;

f) modalidade L10 - candidato egresso Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena e Pessoa com Deficiência;

g) modalidade L13 - candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar e Pessoa com Deficiência;

h) modalidade L14 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena e Pessoa com Deficiência.

Todos os candidatos concorrem às vagas do Acesso Universal (Ampla Concorrência), inclusive os inscritos nas vagas reservadas. A cada uma das modalidades das Ações Afirmativas são destinadas 6,25% do total de vagas. Pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual, transtorno do espectro autista ou com deficiência múltipla, de acordo com a legislação vigente, poderão concorrer às vagas constantes nas modalidades L9, L10, L13 e L14.

Mais informações na página da Coperse.


Leia Também

Médicos receberão mais por consultas pelo IPE a partir de 1º de outubro

13/09/2018

Essa medida representa R$ 35 milhões a mais por ano pelo pagamento das consultas

Mais de 4,2 mil animais estão inscritos para Expointer 2018

01/08/2018

O número supera o total de animais inscritos no ano passado em 32%


Estrelense Otelio Drebes recebe Medalha do Mérito Farroupilha da AL

30/07/2018

Empresário que fundou as Lojas Lebes será homenageado na quarta-feira, dia 1º de agosto, a partir das 18h

Empresas precisam criar regras para grupos no WhatsApp

26/07/2018

Conversas entre chefes e subordinados, via aplicativo de mensagens, podem se transformar em objetos de ações trabalhistas