Vale do Taquari

IPVA 2019: Colinas, Estrela e Imigrante arrecadam 92,5% do previsto

Aproximadamente R$ 411 mil ainda não deram entrada nos cofres dos três municípios

07/06/2019 - Vale do Taquari

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

Cerca de R$ 5,5 milhões já foram injetados nos cofres municipais de Colinas, Estrela e Imigrante, com o pagamento do IPVA, cujo percentual de 50% do montante arrecadado é destinado aos municípios de emplacamento dos veículos.

O pagamento iniciou em dezembro e finalizou em abril. Mesmo assim, de acordo com dados divulgados pela Receita Estadual, na segunda-feira, 10,8% dos motoristas (1.618) dos três municípios, ainda não haviam efetuado o pagamento, o que representa a ausência de R$ 411 mil.

Abaixo do esperado

Estrela previa a arrecadação de R$ 5,2 milhões, 1,8% a menos que em 2018. Mas, de acordo com os dados da Receita, o número chegará a apenas R$ 4,8 milhões e até segunda-feira, R$ 369 mil ainda não haviam entrado nos cofres. Para o secretário da Fazenda Henrique Lagemann, são percentuais aceitáveis. “Dentro de um contexto econômico e político pelo qual passa o país, de uma economia que não está aquecida, são números bons, sendo que muitos inadimplentes ainda irão regularizar sua situação”, diz.

“Até porque a estimativa de arrecadação sempre vai ser um pouco maior, superestimada, pois não há como dimensionar com exatidão estes recursos e é preciso contabilizar essa inadimplência, que é histórica.”

Superadas as expectativas

Em Imigrante, o cenário é de aumento. A expectativa era receber R$ 385 mil em 2019, mas, mesmo com 76 veículos inadimplentes, arrecadou R$ 380 mil, número que deve chegar a R$ 420 mil.

O aumento é percebido também em Colinas. Mesmo com a inadimplência de 88 veículos, que representam o total de R$ 19.899,88, arrecadou R$ 289.566,65 mil, valor que supera a expectativa de R$ 240 mil para 2019. “As projeções de arrecadação sempre são feitas com base no ocorrido no ano anterior, com uma pequena margem de atualização. Dificilmente essa previsão deixa de acontecer, até porque em todo o exercício acontece um acréscimo no número de veículos emplacados no município. A respeito da utilização dos recursos oriundos do IPVA, temos que observar que, no mínimo, 15% do valor arrecadado precisa ser investido na saúde e no mínimo 25% aplicados na educação. O restante fica como um recurso livre, para o atendimento de demandas nas demais áreas”, explica o secretário de Administração e Fazenda de Colinas, Alécio Weizenmann.



Leia Também

Últimos dias para visitar a Suinofest

14/06/2019

Evento ocorre em Encantado até domingo

Telefonia móvel: prefeitos buscam solução no Procon

14/06/2019

Operadoras têm dez dias para entregar relatórios


IPVA 2019: Colinas, Estrela e Imigrante arrecadam 92,5% do previsto

07/06/2019

Aproximadamente R$ 411 mil ainda não deram entrada nos cofres dos três municípios

Suinofest: fórum apresenta estratégias de desenvolvimento do turismo

06/06/2019

Evento é destinado a empresários do setor, autoridades e demais interessados