País

Lista de vagas do Sisu está disponível; inscrições começam amanhã

Serão oferecidas mais de 57,2 mil vagas em 68 instituições públicas de ensino superior

11/06/2018 - País

Os estudantes que querem concorrer a um lugar no ensino superior em instituições públicas podem consultar as vagas disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). É possível fazer consultas por curso, por instituição de ensino e por município. As inscrições para o segundo semestre começam nesta terça-feira, dia 12, e vão até o dia 15.

Neste processo seletivo, o Sisu vai oferecer 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior, segundo o Ministério da Educação.

Pode concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero em redação. Todo o processo de inscrição é feito exclusivamente pela internet, na página do Sisu.

Ao ingressar no sistema, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição. A última modificação confirmada é a considerada válida.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de educação tecnológica, 27 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 até 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho.


Leia Também

Correios lança novos serviços digitais

16/04/2020

Entrega Digital, o AR Eletrônico e o e-Carta Fácil já estão disponíveis

Jovem Aprendiz dos Correios: inscrições começam hoje

31/03/2020

São 4.462 vagas, mais a formação de cadastro reserva, disponíveis em todo o território naciona


Censo 2020 é adiado

18/03/2020

Candidatos que já haviam efetuado o pagamento da taxa de inscrição receberão orientações para reembolso nos próximos dias

Investigados pela PF

14/02/2020

Pablo Tatim, que residiu em Estrela, é um dos alvos