Vale do Taquari

MP prende três servidores e ex-prefeito por corrupção e lavagem de dinheiro em Teutônia

Ao todo, além dos quatro mandados de prisão, foram cumpridos oito de busca e apreensão e cinco de condução coercitiva em Teutônia

28/03/2018 - Vale do Taquari

A Promotoria de Justiça de Teutônia desencadeou na manhã desta quarta-feira, dia 28, a Operação Schmutzige Hände (“Mãos sujas”, em alemão), que prendeu o secretário municipal de Saúde, o procurador-geral do município, o chefe do Setor de Compras e um ex-prefeito de Teutônia.

Conforme o promotor de Justiça de Teutônia, Jair Jõao Franz, a ação do Ministério Público tem como foco a prefeitura e apurar crimes de organização criminosa, corrupção, fraude em licitações, lavagem de dinheiro e tráfico de influência. O coordenador do Nimp, promotor de Justiça Diego Rosito de Vilas, também participa da operação.

Ao todo, além dos quatro mandados de prisão, foram cumpridos oito de busca e apreensão e cinco de condução coercitiva. A operação conta com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Núcleo de Inteligência do Ministério Público (Nimp), Polícia Civil e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

 


Leia Também

Sinduscom-VT assina convenções coletivas com dois sindicatos da região

19/06/2018

Reajuste de 3% sobre salários-base de 1º de maio de 2017 foi firmado

Usina de energia fotovoltaica vai reduzir custos de 276 famílias em Teutônia

18/06/2018

Estima-se que a economia com energia seja equivalente a R$ 56.380,05 anuais


Estrelense Rosane Cardoso ocupa cadeira na Alivat

15/06/2018

Posse será no Dia do Escritor, em 25 de julho, no Teatro do Sesc