País

MTST e Frente Povo sem Medo ocupam triplex atribuído a Lula

Imóvel é o foco das investigações que levaram o ex-presidente à prisão

16/04/2018 - País

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e a Frente Povo sem Medo ocuparam na manhã de segunda-feira, dia 16, o apartamento triplex, no Condomínio Solaris, em Guarujá (SP). O imóvel é o foco das investigações que levaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Lula foi condenado a 12 anos e um mês. De acordo com as investigações, o imóvel e a reforma, estimados em R$ 2,4 milhões, foram feitos pela empreiteira OAS em favorecimento da empresa em contratos na Petrobras.

A ocupação foi divulgada nas redes sociais da Frente Povo Sem Medo e pelo pré-candidato à Presidência pelo PSOL, Guilherme Boulos, coordenador do MTST. Os manifestantes colocaram a bandeira do movimento e faixas na fachada do prédio com mensagens "Povo sem medo" e "Se é do Lula, é nosso".

O ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7. Até o momento, a Justiça Federal e o Ministério Público Federal não se pronunciaram sobre a ocupação do triplex.


Leia Também

Correios lança novos serviços digitais

16/04/2020

Entrega Digital, o AR Eletrônico e o e-Carta Fácil já estão disponíveis

Jovem Aprendiz dos Correios: inscrições começam hoje

31/03/2020

São 4.462 vagas, mais a formação de cadastro reserva, disponíveis em todo o território naciona


Censo 2020 é adiado

18/03/2020

Candidatos que já haviam efetuado o pagamento da taxa de inscrição receberão orientações para reembolso nos próximos dias

Investigados pela PF

14/02/2020

Pablo Tatim, que residiu em Estrela, é um dos alvos