Estrela

NG ganha em duas categorias do Prêmio Jornalismo do MP/RS 2017

A comissão julgadora do Prêmio Jornalismo do Ministério Público analisou 91 trabalhos inscritos e definiu as matérias jornalísticas ganhadoras do prêmio em 2017.

29/11/2017 - Estrela

A comissão julgadora do Prêmio Jornalismo do Ministério Público analisou 91 trabalhos inscritos e definiu as matérias jornalísticas ganhadoras do prêmio em 2017. A premiação será entregue no dia 12 de dezembro, às 9h30min, no Palácio do Ministério Público, na Praça da Matriz, Centro da Capital.

Os vencedores receberão quantia em dinheiro e comendas, oferecidas pela Associação do Ministério Público e Escola Superior do Ministério Público. O prêmio promovido pela Instituição tem, ainda, apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS e da Associação Riograndense de Imprensa (ARI).

VENCEDORES NA CATEGORIA IMPRESSA

A categoria Impressa foi conquistada pela matéria “Animais silvestres serão protegidos na Rota do Sol”, de autoria da jornalista Carine Krüger, publicada no Jornal Nova Geração, de Estrela. O segundo lugar ficou com a matéria “Concursos fraudados se espraiam pelo RS”, dos jornalistas Humberto Trezzi e Fábio Almeida, publicada no jornal Zero Hora.

VENCEDORES NA CATEGORIA TV

Na categoria TV, venceu a série de reportagens “Fraude nos concursos - MP faz blindagem em concursos públicos para evitar fraudes no RS”, de autoria do jornalista Fábio Almeida e equipe, exibida na RBSTV. A segunda colocação na categoria ficou com a série de reportagens “Filhos do cárcere: Ministério Público cobra a construção de presídio feminino, enquanto filhos são separados das mães por falta de infraestrutura adequada”, da jornalista Dulci Sachetti e equipe, veiculada na RBSTV Passo Fundo e Porto Alegre.

VENCEDORES NA CATEGORIA RÁDIO

Já na categoria Rádio, venceu a reportagem “Operação Pulso Firme”, de autoria do jornalista Cid Martins, da Rádio Gaúcha, narrando a transferência de líderes de facções para presídios federais. Em segundo lugar foi escolhida a reportagem “Série Histórias invisíveis: os desafios de quem vive nas ruas de Porto Alegre”, dos jornalistas Daiane Vivatti e Gabriel Jacobsen, da Rádio Guaíba.

VENCEDOR NA CATEGORIA WEB

Na categoria Web, o vencedor foi o jornalista Cleber Dioni Tentardini, do Jornal JÁ, com a série de reportagens “Patrimônio ameaçado”, sobre a extinção da Fundação Zoobotânica.

VENCEDORES NA CATEGORIA FOTOGRAFIA

Na categoria Fotografia, o vencedor foi o fotógrafo Frederico Sehn, do Jornal Nova Geração, de Estrela, sobre a proteção de animais silvestres que habitam a mata às margens da Rota do Sol. O segundo lugar foi conquistado pelo fotógrafo do Diário Gaúcho Mateus Bruxel com a reportagem sobre a investigação do Ministério Público da ação que destruiu casas de moradores da Ilha do Pavão.

VENCEDOR NA CATEGORIA ESPECIAL

Na categoria Prêmio Especial – destacando a atuação do MP na área da segurança pública – a vencedora foi a jornalista Cristiane Maiara Luza, do jornal Folha do Noroeste, de Frederico Westphalen, com a reportagem “Comissão pró-segurança elenca medidas para conter avanço da criminalidade na região”. Esta categoria terá gravado no troféu oferecido pelo MP o nome de Ricardo Grecellé, jornalista falecido em novembro de 2016.

VENCEDORES NA CATEGORIA UNIVERSITÁRIA

O Prêmio Jornalismo também conta neste ano com a categoria “Reportagem universitária” (1º e 2º lugar), dedicada a estudantes de jornalismo de universidades reconhecidas pelo Ministério da Educação. Os estudantes da Uniritter Aline Eberhardt, Alberi Neto e Ariadne Kramer foram os vencedores com a reportagem “Degradação e descaso: a trajetória do Rio dos Sinos”, publicada no blog de Jornalismo Ambiental da universidade. Já o segundo lugar ficou com os estudantes Gabriela Gonçalves Santos, Guilherme Engelke e Débora Vaszelewski, da Unisinos, que elaboraram a reportagem “Filhos do sistema”, publicada na plataforma Medium. Todos os estudantes vão receber certificados pela participação no Prêmio Jornalismo 2017.


Leia Também

Outubro Rosa: Saúde intensifica ações de prevenção

17/10/2018

Centro Materno-infantil de Estrela abre no dia 27 pela manhã para realização de exames preventivos

Educação na Praça destaca projetos das escolas municipais de Estrela

15/10/2018

Evento será realizado neste sábado, dia 20, na Praça Menna Barreto, no centro da cidade


Município lança Estrela Premiada no dia 18

15/10/2018

Durante o evento também será apresentado o projeto do Natal 2018

Conselho Tutelar é transferido para antiga Escola Madre Branca

11/10/2018

Parte do prédio foi reformada para receber o órgão, que atua na garantia dos direitos de crianças e adolescentes