País

No recesso do STF, ministra Cármen Lúcia julgará casos urgentes

02/07/2018 - País

Créditos da matéria: Agência Brasil

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil.

O Supremo Tribunal Federal (STF) entra em recesso de 30 dias a partir desta segunda-feira, 2. Com o período de férias dos ministros, previsto em lei, não haverá sessões das duas turmas da Corte e do plenário, mas as questões urgentes que chegarem ao STF serão julgadas pela presidente, ministra Cármen Lúcia, que atuará no plantão.

No dia 30 de agosto, o STF deve julgar uma ação que trata da possibilidade de pais se recusarem a matricular seus filhos em escolas públicas ou privadas tradicionais e educá-los em casa. A prática, conhecida como homeschooling, não tem previsão na legislação.

O plenário também decidirá se referenda a liminar proferida nesta semana pelo ministro Ricardo Lewandowski, que impediu que o governo venda, sem autorização do Legislativo, o controle acionário de empresas públicas de economia mista, como a Petrobras e a Eletrobras, por exemplo.

O recurso no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende ganhar liberdade também pode ser julgado após o recesso, mas a data ainda não foi definida.

Na quinta-feira, 28, à noite, o pedido foi liberado para julgamento em plenário pelo relator ministro Edson Fachin. A sessão de sexta-feira, 29, foi a última antes de os ministros do STF iniciarem o recesso forense.

Eles só voltarão a se reunir em plenário em 8 de agosto. Durante a sessão, Cármen Lúcia disse que não pautaria o pedido de Lula por orientação de Fachin.

A partir do dia 12 de setembro, Cármen Lúcia deixará a presidência da Corte, após dois anos no cargo, que será ocupado pelo ministro Dias Toffoli. O mandato de presidente da Corte é improrrogável.


Leia Também

Mega-Sena acumula em R$ 61 milhões

19/07/2018

Próxima extração ocorre no sábado, dia 21; Confira as dezenas sorteadas

Cadastro para voto em trânsito já está liberado

18/07/2018

Para se habilitar, o eleitor deve comparecer em um cartório eleitoral, apresentar um documento oficial com foto e indicar o local em que pretende votar


Segundo lote de restituição do IR será liberado hoje

16/07/2018

3,3 milhões de contribuintes foram contemplados no segundo lote de restituições do Imposto de Renda

Mais de seis milhões de brasileiros ainda não se vacinaram contra gripe

13/07/2018

O Sudeste é a região com menor cobertura vacinal contra a gripe até o momento – 84%. Em seguida estão o Norte, com 85%; o Sul, com 90,3%; o Nordeste, com 94%; e o Centro-Oeste, com 99,1%