Estrela

Novo governo estadual diz que precisa “otimizar” CREs

Futuro da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, em Estrela, é incerto

11/01/2019 - Estrela

Um estudo do novo governo estadual para otimizar a atual estrutura das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) gera expectativas sobre o futuro da 3ª CRE, em Estrela. Em comunicado oficial, divulgado na quarta-feira, dia 9, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), afirma ser necessária uma reestruturação, mas que o estudo é preliminar, “por isso a estrutura a ser montada não está definida no que diz respeito à quantidade de sedes e de servidores. A reformulação leva em conta benefícios pedagógicos, estruturais e nos Recursos Humanos.”

Além disso, a Seduc informa que “os modernos meios digitais de comunicação fazem com que seja possível uma estrutura mais leve e capaz de gerar melhores resultados em um tempo mais curto.” Para as demais coordenadorias regionais, o Estado afirma que “estamos buscando a viabilidade de concentrarmos em locais únicos os diversos serviços ofertados pelo Estado.”

Nada oficial

A coordenadora da 3ª CRE, Greicy Weschenfelder, afirma que o órgão não recebeu nenhum comunicado oficial sobre um possível fechamento. O diretor geral do 8º Núcleo do Cpers-Sindicato, Gerson Luis Johann, afirma que já no governo Sartori o planejamento era de enxugar estruturas administrativas. “Naquela época o planejamento era fechar a coordenadoria de Estrela, repassando tudo para a estrutura da CRE de Santa Cruz do Sul. Estamos à espera de informações sobre o assunto, para que possamos ter uma ideia de toda proposta”, disse. Atualmente, o Rio Grande do Sul conta com 29 coordenadorias e a Divisão Porto Alegre (DPA). A 3ª CRE foi criada há cerca de 80 anos e hoje atende 32 municípios e 89 escolas. 


Leia Também

Languiru irá inaugurar supermercado em Estrela

20/06/2019

Unidade tem previsão de inauguração em julho

Com braço atrofiado, a espera pela cirurgia

20/06/2019

Ana Aguiar está com o cotovelo quebrado


Atraso em obra de quadra coberta mobiliza pais

20/06/2019

Construção da estrutura no Bairro das Indústrias foi iniciada em 2014

Justiça nega pedido de liminar e obras agora estão autorizadas em prédio da Polar

20/06/2019

Medida evitaria realização de qualquer modificação no prédio