Imigrante

Os 50 anos da Arco-Íris

Escola foi fundada por membros da Comunidade Evangélica Arroio da Seca

29/03/2019 - Imigrante

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

Em novembro de 1968 alguns membros da Comunidade Evangélica Arroio da Seca, a convite do pastor Rolf Schiemann, se reuniram com o objetivo de fundar o primeiro Jardim de Infância do que seria futuramente o município de Imigrante, e que atenderia crianças de 2 anos e seis meses até os 6 anos. No ano seguinte, o Jardim iniciou as atividades e, em 2019, completa seus 50 anos de fundação, mas agora intitulado Escola Municipal de Ensino Fundamental Arco-Íris.

Os documentos da época, agora já amarelados pelo tempo, trazem as atas das primeiras reuniões que discutiam a criação do Jardim. Para manter o serviço, as famílias das crianças matriculadas e os fundadores deveriam contribuir financeiramente a cada mês para manutenção, material e pessoal.

O prédio, utilizado para atender as crianças, ainda existe e fica situado na Avenida Dr. Ito João Snell, ao lado da Casa Pastoral. Na primeira turma, de 1969, estavam 26 alunos, coordenados pela professora Marli Knepker Scheren. Entre eles, o prefeito de Imigrante, Celso Kaplan, cujos pais participaram das primeiras reuniões para abertura do Jardim. “Isso veio culturalmente da imigração alemã, que estruturava essas escolas, e também da união comunitária. Nós, que fomos da primeira turma, sabemos que dali surgiram muitas lideranças e pessoas que se destacam dentro de suas comunidades e profissões, resultado de um aprendizado que iniciou cedo. A Arco-Íris foi um pontapé inicial para o desenvolvimento do município, e que hoje ainda tem essencial importância para a formação das nossas crianças e jovens”, destaca o prefeito.

Em 1976, a atual vice-diretora da Emef, Sandra Spellmeier Zuchi, também fazia parte da turma e mais tarde viria a ser professora no Jardim. “Para nós é uma emoção muito grande. Muitos filhos dos alunos que estavam na primeira turma também estudaram aqui. A Arco-Íris está enraizada na comunidade e isso mexe com o coração. É uma história de vida, tanto para mim, quanto para quem passou pela escola”, comenta Sandra.

Atrações de aniversário

Para comemorar os 50 anos de fundação, programações irão ocorrer ao longo do ano na escola. Em setembro, uma homenagem aos 50 anos de história será feita no desfile cívico do município e em outubro está prevista uma programação especial dentro do Dia da Família.

Uma história de evolução

Na década de 1980, a Comunidade Arroio da Seca custeava parte da manutenção do Jardim, mas o pagamento dos professores era feito pela Prefeitura de Estrela. Com a instalação do município de Imigrante, praticamente todos os custos foram assumidos pela nova administração.
Em 1º de maio de 1999 uma das grandes vitórias marcava os primeiros 30 anos do Jardim: a inauguração da sede própria, na Rua Guilherme Ernesto Lagemann.

Já em 2001 houve a alteração da denominação da instituição, e o Jardim de Infância passou a se chamar Escola Municipal de Educação Infantil Arco-Íris, que na época possuía 40 alunos.

Em 2006 passou a atender turmas de Jardim, 1º ano e 1ª série, e, no mesmo ano, foi criada a Escola Municipal de Ensino Fundamental Arco-Íris. Em 2013, a primeira turma de 8ª série concluiu o Ensino Fundamental e em 2014 a primeira de 9º ano.

Em fevereiro de 2018 foi inaugurada a extensão da Emef na Rua Sete de Setembro, Bairro Esperança, onde funciona atualmente o turno integral para a Educação Infantil e os Anos Iniciais, bem como, no turno da tarde, as aulas curriculares da Educação Infantil. Em 2019 são cerca de 200 alunos matriculados na escola.

Foto dos alunos

Com a ajuda da direção da Emef Arco-Íris, o Jornal NG identificou alguns alunos que estiveram na primeira turma do Jardim de Infância, mas nem todos foram reconhecidos. Você conhece? Mande para a gente no redacao@jornalng.com.br:


Leia Também

Divulgadas as bandas do 6º Dia Mundial do Rock

27/05/2019

Programação ocorre em julho, em Imigrante


Aplicativo divulga informações turísticas

26/04/2019

Lançamento oficial ocorre no dia 2 de maio, no Cactário Horst, um dos locais que atrai visitantes de diferentes lugares

Fim de semana de Paixão de Cristo

12/04/2019

Programação alusiva à Semana Santa ocorre no Convento Franciscano São Boaventura, em Daltro Filho, a partir das 19h