Estado

Petroleiros decidem entrar em greve a partir de quarta-feira

Na pauta de reivindicação, trabalhadores pedem a saída de Pedro Parente da Petrobras

28/05/2018 - Estado

A Federação Única dos Petroleiros indicou que iniciará uma greve por 72 horas a partir das meia-noite da próxima quarta-feira. O objetivo da manifestação é reduzir os preços do gás de cozinha e dos combustíveis. Os trabalhadores também pedem a saída imediata do presidente da Petrobras, Pedro Parente, a quem atribuem, “com aval do governo Michel Temer”, ter mergulhado o país “numa crise sem precedentes”.

Conforme o sindicato, as manifestações já se iniciarão neste domingo, quando os petroleiros farão novos atrasos e cortes de rendição em refinarias e fábricas de fertilizantes que estão em processo de venda: a Refap, em Canoas, além de Rlam (BA), Abreu e Lima (PE), Repar (PR), Araucária Nitrogenados (PR) e Fafen Bahia.

Atos também foram programados para segunda-feira em todo o sistema Petrobras, “denunciando os interesses que estão por trás da política de preços de combustíveis, feita sob encomenda para atender ao mercado e às importadoras de derivados”


Leia Também

Médicos receberão mais por consultas pelo IPE a partir de 1º de outubro

13/09/2018

Essa medida representa R$ 35 milhões a mais por ano pelo pagamento das consultas

Mais de 4,2 mil animais estão inscritos para Expointer 2018

01/08/2018

O número supera o total de animais inscritos no ano passado em 32%


Estrelense Otelio Drebes recebe Medalha do Mérito Farroupilha da AL

30/07/2018

Empresário que fundou as Lojas Lebes será homenageado na quarta-feira, dia 1º de agosto, a partir das 18h

Empresas precisam criar regras para grupos no WhatsApp

26/07/2018

Conversas entre chefes e subordinados, via aplicativo de mensagens, podem se transformar em objetos de ações trabalhistas