Estado

Polícia Civil abre 1,2 mil vagas em concurso no Rio Grande do Sul

Vagas são para escrivão e inspetor de polícia, com salário inicial de R$ 5.641,20. Inscrições vão de 19 de dezembro deste ano até o dia 19 de janeiro de 2018, exclusivamente pela internet.

19/12/2017 - Estado

Polícia Civil do Rio Grande do Sul abre inscrições nesta terça-feira (19) para concurso público. São 1,2 mil vagas no total, sendo 600 para escrivão e outras 600 para inspetor de polícia.

As inscrições devem ser feitas somente pela internet até o dia 19 de janeiro, no site da Fundatec. A taxa de inscrição é de R$ 182,41. Para ambas as funções, o salário inicial previsto é de R$ 5.641,20

Os concursos públicos serão realizados em duas etapas. A primeira está prevista para ser realizada no dia 25 de fevereiro de 2018 e consiste nas provas de capacitação intelectual. Depois ocorrem a prova de capacitação física e sindicância da vida pregressa e atual, exames de saúde e avaliação da aptidão psicológica.

Entre os requisitos para a inscrição estão ter nacionalidade brasileira, idade mínima de 18 anos, possuir Ensino Superior completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo categoria "B". Também é obrigatório apresentar atestado de bons antecedentes, estar quite com as obrigações eleitorais e não responder a processo criminal. Para mais informações sobre os pré-requisitos, consulte o edital no site da Fundatec.

O concurso prevê reserva de 16% das vagas a candidatos negros e pardos, de acordo com a lei estadual 14.147/12. Pessoas com deficiências também terão vagas reservadas, e a deficiência deve ser compatível com a atividade policial, o que será avaliado por uma Comissão Especial.

Conforme a Polícia Civil, a novidade nesta seleção é o exame toxicológico presente nos exames de saúde. Uma alteração que ocorreu em relação ao último edital foi na etapa dos exames físicos: foi substituído o teste do dinamômetro [aparelho que mede força muscular] pelo exame de barra fixa. Para as mulheres é necessário se sustentar na barra fixa, e para os homens é preciso fazer flexões.

A prova escrita será dividida em duas partes, sendo a primeira com 30 questões objetivas de português e uma redação. A segunda terá 50 questões objetivas de informática, raciocínio lógico, legislação estatutária e institucional, conhecimentos gerais, direito penal, direito processual penal, direito constitucional, direito administrativo e direitos humanos.

Os locais onde serão realizadas as provas ainda não foram divulgados. De acordo com o edital do concurso, as datas, os horários e os locais dos testes, avaliações e exames serão comunicadas com antecedência mínima de oito dias.


Leia Também

Recurso do Estado detalha prejuízos com suspensão da extinção de fundações

25/04/2018

A PGE defende que o que está sendo discutido é o mérito de um ato administrativo discricionário de uma política de governo em que o Poder Executivo foi autorizado pelo Legislativo

Emater/RS-Ascar certifica erva-mate com selo de qualidade

25/04/2018

Das 218 ervateiras no estado, nove são certificadas pela entidade


Estado licencia maior parque eólico do Rio Grande do Sul

25/04/2018

Investimento privado será de R$ 4 bilhões

Ana Rita Bagestan é empossada no Conselho Estadual de Educação

24/04/2018

Além da estrelense, outros oito conselheiros foram empossados para mandato de quatro anos