Estrela

Polícia investiga e radialista vai à Justiça

Vídeo e montagens comparando com João Pedro Stacke percorreram WhatsApp na região e foram assunto da semana

23/02/2018 - Estrela

Créditos da matéria: Carine Krüger

Imagens, vídeos ou informações que viralizam nas redes sociais muitas vezes podem não ser verdadeiras. E poucos são os casos em que a punição é severa quando as chamadas fake news (notícias falsas) ganham destaque. São, atualmente, as com maior alcance de público nas redes sociais por serem, geralmente, fatos curiosos. Porém, em muitos casos, expõem a vida de pessoas. Nesta semana, um exemplo ocorreu em Estrela, com a circulação de vídeo pornográfico e montagens divulgadas em grupos de WhatsApp, que associavam as imagens ao radialista João Pedro Stacke.
O vídeo mostra dois homens praticando sexo em uma trilha em meio à vegetação. A pessoa que filma aparenta ter perseguido os homens para filmá-los. Após o flagrante, os dois saem e se aproximam da filmagem, conversam e vão embora. Com as filmagens, circula uma fotografia do radialista João Pedro Stacke ao lado da imagem de um dos flagrados no vídeo, insinuando que seriam a mesma pessoa. Nas imagens, o homem embarca em uma caminhonete Saveiro branca, de propriedade de uma mecânica de Canoas.

 

Reportagem completa na edição do NG 


Leia Também

Maioria para pavimentação

20/09/2018

Conclusão da ERS-129 receberá 82,7% da receita prevista para investimentos em 2019

Tradição movimenta entidades e escolas

20/09/2018

Desfiles, almoços, danças e demais atrações fizeram parte das atividades desenvolvidas em Estrela. Houve desfile no feriado


Votos brancos e nulos não têm efeito

20/09/2018

Para que o candidato seja eleito, são computados apenas os votos válidos, ou seja, ele pode se eleger se apenas ele mesmo votar

Solidariedade no cardápio

20/09/2018

9º Jantar Gourmet em benefício da Apae e Vovolândia ocorre dia 29