Estrela

Polícia investiga e radialista vai à Justiça

Vídeo e montagens comparando com João Pedro Stacke percorreram WhatsApp na região e foram assunto da semana

23/02/2018 - Estrela

Créditos da matéria: Carine Krüger

Imagens, vídeos ou informações que viralizam nas redes sociais muitas vezes podem não ser verdadeiras. E poucos são os casos em que a punição é severa quando as chamadas fake news (notícias falsas) ganham destaque. São, atualmente, as com maior alcance de público nas redes sociais por serem, geralmente, fatos curiosos. Porém, em muitos casos, expõem a vida de pessoas. Nesta semana, um exemplo ocorreu em Estrela, com a circulação de vídeo pornográfico e montagens divulgadas em grupos de WhatsApp, que associavam as imagens ao radialista João Pedro Stacke.
O vídeo mostra dois homens praticando sexo em uma trilha em meio à vegetação. A pessoa que filma aparenta ter perseguido os homens para filmá-los. Após o flagrante, os dois saem e se aproximam da filmagem, conversam e vão embora. Com as filmagens, circula uma fotografia do radialista João Pedro Stacke ao lado da imagem de um dos flagrados no vídeo, insinuando que seriam a mesma pessoa. Nas imagens, o homem embarca em uma caminhonete Saveiro branca, de propriedade de uma mecânica de Canoas.

 

Reportagem completa na edição do NG 


Leia Também

Sem votos, sem recursos

22/06/2018

Estrela precisa 1,3 mil votos para receber verbas do Governo

Alimente-se bem no inverno

22/06/2018

Confira dicas da nutricionista Taís Hart Pezzini para manter uma alimentação saudável no período de baixas temperaturas


Estrelense lança livro dia 10 de julho

22/06/2018

Líder comunitário, político e empresarial relata histórias em obra

Cantora ganha painel na Escadaria

22/06/2018

Arte foi desenvolvida e realizada pela estudante de Design, a estrelense Luisa Born, de 21 anos