Estrela

Preço pago pelo quilo do suíno vivo sobe para R$ 4,23 no RS

22/09/2015 - Estrela

 

 

 

A pesquisa semanal da cotação do suíno, milho e farelo de soja no Rio Grande do Sul, feita ontem (21), apontou alta de mais R$ 0,19 no preço pago pelo quilo do suíno vivo ao produtor independente no Estado gaúcho, ficando em R$ 4,23.

O valor da saca de 60 quilos do milho subiu para R$ 29,50 (anterior R$ 29,00) e o farelo de soja para R$ 1.375,00 no pagamento à vista (anterior R$ 1.320,00) e para R$ 1.390,00 no pagamento com 30 dias de prazo (anterior R$ 1.330,00).

 

Agroindústrias e cooperativas

O preço médio do suíno agroindustrial (integrado) subiu para R$ 3,02 (anterior R$ 2,97). As agroindústrias e cooperativas apresentaram as seguintes cotações: Cotrel R$ 3,10; Cosuel/Dália Alimentos R$ 2,90; Cotrijuí R$ 3,00; Cooperativa Languiru R$ 2,90; Cooperativa Majestade R$ 3,00; Ouro do Sul R$ 3,30; Alibem R$ 3,00; BRF R$ 3,00; JBS R$ 3,00; e Pamplona R$ 3,00.

A Pesquisa Semanal é realizada pela Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS), com apoio exclusivo da MSD Saúde Animal, empresa Parceira da Suinocultura Gaúcha. Todas as pesquisas podem ser conferidas no site da ACSURS, o www.acsurs.com.br – guia Mercado – Cotações.

 

 

 


Leia Também

Soges busca opções para se manter

27/12/2019

Direção do clube centenário diz que não tem como arcar com indenização milionária e pensão vitalícia

Câmara de Vereadores devolve R$ 100 mil ao Executivo

27/12/2019

Entrega de documento foi realizada na tarde de quinta-feira


Prefeitura faz ponto facultativo nos dias 30 e 31 de dezembro

27/12/2019

Município vai manter somente os serviços essenciais no período. Dia 1º não haverá coleta de lixo

Inscrições de crianças na Central de Vagas das Emeis até esta sexta-feira

27/12/2019

Período só será retomado em fevereiro