Estrela

Projeto de lei defende que presos trabalhem para pagar despesas carcerárias

28/03/2016 - Estrela

Segundo o Projeto de Lei, todo condenado deverá indenizar ao Rio Grande do Sul os valores correspondentes aos custos de sua estadia no sistema prisional. Segundo dados oficiais, no Estado, cada preso custa entre R$ 1,6 e R$ 2 mil por mês. No Brasil, o gasto com presos é ainda maior, em torno de R$ 3,4 mil – é o dobro do que se gasta com cada aluno do ensino superior, segundo o MEC.

A proposta é de que o valor arrecadado seja destinado ao Fundo Penitenciário do Estado. Caso o recluso não tenha condições financeiras para arcar com os gastos, deverá trabalhar para cobrir seus custos. "Pagamos duas vezes pela insegurança. Primeiro, com altos impostos, que deveriam ser usados para manter o sistema prisional; segundo, com nossas propriedades e bens ao sermos assaltados, ou até com a própria vida. Mais do que moral, essa medida é necessária, sobretudo em um Estado no qual faltam recursos para formar, aparelhar e remunerar seus policiais", defende van Hattem.

Conforme a Lei de Execuções Penais (LEP), o trabalho do condenado é um dever social e condição da dignidade humana – e tem como finalidade a educação produtiva. Trata-se de um instrumento usado em diversos países. Nos Estados Unidos, por exemplo, os estados de Kentucky, Nova York, Arizona e Iowa chegam a cobrar até US$ 90 a diária de cada encarcerado. "Isto, aliás, é uma forma de ressocializar o preso. O sujeito poderá tirar a si próprio da marginalidade", acrescenta o deputado.


Leia Também

Piquenique de Páscoa a céu aberto no Parque

24/04/2019

Adiado na última semana em razão do tempo, torcida é que nesta quinta-feira as atrações possam divertir as 2,1 mil crianças esperadas

Governo de Estrela inaugura academias ao ar livre no interior

23/04/2019

Seis localidades receberam as estruturas, que começam a ser entregues no dia 27 de abril


Jogos Escolares de Estrela adia estreia

22/04/2019

Primeira das nove competições, o atletismo que seria realizado nesta quarta-feira ocorrerá agora dia 8 de maio

Os desafios em pensar no futuro da casa de saúde

18/04/2019

Instituição que completou 90 anos de atividades no domingo, dia 14, quer ser consolidar como referência em saúde no Vale do Taquari