Polícia

Quinto mês seguido de queda no número de acidentes

Levantamento em Estrela iniciou em maio e desde então o registro de ocorrências vem diminuindo, assim como o de vítimas

09/10/2017 - Polícia

O Município de Estrela, através do Departamento de Trânsito (DT), recebeu nesta semana o quinto relatório mensal com os números referentes aos atendimentos na área por parte da Brigada Militar (BM). E pela quinta vez os números são positivos em relação ao levantamento anterior, numa queda constante das ocorrências que em cinco meses chega a 50%. O balanço é um acordo informal que a Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplade) selou com a BM de Estrela, cuja unidade local é a que atende as ocorrências.

 

Setembro registrou 16 acidentes, seis a menos do que em agosto e 14 a menos do que em julho. Em maio foram 32 os casos, o dobro dos registrados agora. As ocorrências com lesões corporais foram apenas cinco, também com cinco vítimas, mas nenhuma fatal, em dado que ficou igual ao relatório anterior. Outra queda foi o número de acidentes com feridos envolvendo motocicletas: apenas um, num dado inverso ao mês passado, quando quatro das cinco vítimas estavam em motocicletas. Não foi registrado atropelamentos.

 

Sugestões e reclamações quanto ao trânsito de Estrela podem ser feitas na Seplade, pelos telefones 3981-1075 e 3981-1032, ou em outros canais de acesso, entre eles a Ouvidoria do município (3981-1219).


Leia Também

Polícia prende dois homens envolvidos com roubos

18/10/2017

Um deles foi condenado há mais de 12 anos de prisão e o outro era olheiro do bando

Jovem sofre fraturas depois de briga em clube de Estrela

17/10/2017

Durante a briga a vítima teria sido arremessada da arquibancada, de uma altura de aproximadamente três metros.


Mulher é assaltada no bairro Alto da Bronze em Estrela

17/10/2017

A vítima caminhava nas proximidades do Estrela Palace Hotel, juntamente com sua filha criança

Dona de loja sofre tentativa de assalto

16/10/2017

A mulher conseguir se soltar dos criminosos e pediu ajuda para populares