País

Receita abre consulta a lotes residuais do Imposto de Renda de 2008 a 2017

Ao todo, serão desembolsados R$ 310 milhões para declarações de 2008 a 2017, incluindo 165,9 mil contribuintes que estavam na malha fina, mas regularizaram as pendências com o Fisco

08/01/2018 - País

A Receita Federal abre nesta segunda-feira (8) consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de janeiro. Ao todo, serão desembolsados R$ 310 milhões para declarações de 2008 a 2017, incluindo 165,9 mil contribuintes que estavam na malha fina, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 6,73%, para o lote de 2017, a 101,02% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Fonte: Agência EBC


Leia Também

MEC divulga resultados do Enen 2017 e anuncia calendário de 2018

18/01/2018

Participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 já podem consultar seus resultados no endereço enem.inep.gov.br/participante ou no aplicativo Enem 2017

Justiça nega novo pedido da defesa de deputada

18/01/2018

Posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho segue suspensa


Balança comercial tem superávit recorde em 2017 e atinge US$ 67 bilhões, diz FGV

17/01/2018

Exportações aumentaram 9,4%, lideradas pelo setor agropecuário, com expansão de 24,3%

Se Previdência não for votada em fevereiro, não será mais, diz Maia

17/01/2018

Início da discussão da matéria está previsto para 19 de fevereiro