Estado

Reforço de R$ 11 milhões na merenda escolar beneficia 150 mil alunos

Duzentas e cinquenta escolas do Estado receberão um reforço de R$ 11 milhões na verba anual para a aquisição e qualificação da merenda dos alunos. Os recursos são do Tesouro do Estado e a ação foi viabilizada após o Bate-Papo com os Diretores

07/05/2018 - Estado

Duzentas e cinquenta escolas do Estado receberão um reforço de R$ 11 milhões na verba anual para a aquisição e qualificação da merenda dos alunos. Os recursos são do Tesouro do Estado. A ação vai beneficiar diretamente cerca de 150 mil estudantes e foi viabilizada após o Bate-Papo com os Diretores, desenvolvido em março e abril pela Secretaria da Educação (Seduc). Inédito no Rio Grande do Sul, o projeto serviu para aproximar a Seduc dos gestores escolares e, ao mesmo tempo, traçar um panorama da rede pública estadual.

"Depois das conversas com os diretores, passamos a buscar maneiras de melhorar a questão da alimentação escolar, uma das mais solicitadas no nosso setor. Sabemos que ainda há muito a ser feito, mas esse novo recurso disponibilizado pelo governo vai proporcionar uma grande melhora nessas escolas", informou a diretora do Departamento de Planejamento (Deplan) da Seduc, Helena Cadore.

Diretora-adjunta do Deplan, Neri Barcelos informou ainda que o departamento estuda a possibilidade de nomeação de mais profissionais de Nutrição para as Coordenadorias Regionais de Educação (CREs). "São profissionais que certamente ajudarão no desenvolvimento da alimentação escolar, pois poderão analisar as peculiaridades de cada região", analisou Neri, que participou das reuniões do Bate-Papo.

Apontar e qualificar

Após ouvir os diretores, o Deplan estuda ainda uma atualização dos critérios da verba de autonomia das escolas, que entre outros itens leva em consideração o número de alunos, a área construída do prédio e o tamanho do terreno da escola. "É preciso adequar os recursos de autonomia para haver um aumento percentual das despesas previstas em manutenção", analisou a diretora do departamento.

Desde a última reunião do Bate-Papo, dia 16 de abril, o Deplan vem atendendo demandas dos 98 formulários preenchidos pelos diretores de escola. De acordo com Cadore, além de mudanças na alimentação escolar e na autonomia financeira, outro pedido frequente foi o de abertura de novas turmas. A Escola Estadual de Ensino Médio Lajeado Grande, de São Francisco de Paula, é uma das atendidas. Na semana passada, a diretora Neiva Simone Cardoso Teixeira foi contatada pelo departamento.

A solicitação era de que fosse criada mais uma turma para o nono ano. "Estávamos com 36 alunos, o que é muito. Com essa divisão, certamente os estudantes serão os maiores beneficiados", comemorou a gestora, que ocupa o cargo desde 2016. Outro pedido atendido foi a cedência de uma coordenadora – apesar do nome oficial da escola, a instituição atende também crianças do Ensino Fundamental. "Já foi homologado, inclusive recebemos a profissional. O Bate-Papo, ao menos para nós, foi bastante produtivo", completou.

Diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Abentulino Ramos, de Santo Antônio da Patrulha, Camem Patrícia Flesh Mattos dos Santos também teve seus pedidos atendidos. Um deles era desmultisseriar uma turma. "O pessoal nos ligou, autorizou e nos ajudou a fazer o processo”, conta. O outro era referente a uma obra de reparos. "Os trabalhos ainda não começaram, mas o pessoal da Seduc já entrou em contato e no sistema dá para ver que avançou bastante. Fiquei feliz, pois estava tudo parado e não estávamos conseguindo fazer avançar. Agora é questão de pouco tempo”, avaliou a diretora.

Para ela, o Bate-Papo deveria ter edições ao menos uma vez por ano. "Achei a iniciativa maravilhosa, pois a gente teve a oportunidade de ter o contato direto com os diretores da Seduc e com o secretário, mostrar para eles a situação real. Gostei também de ouvir do secretário que não há estudos para fechar as escolas do campo, como a minha", enfatizou.

Maratona pela integração

Durante quase dois meses, o secretário Ronald Krummenauer e os diretores dos principais departamentos da Seduc percorreram praticamente todo o Estado para falar com os 2.539 diretores de escolas estaduais. Foram 17 encontros - três deles em Porto Alegre, para atender os 249 estabelecimentos de ensino.

Em todos, a fórmula foi basicamente a mesma. Depois de uma palestra de cerca de 45 minutos, os diretores eram divididos em grupos de no máximo 40 diretores e levados até salas. Enquanto Krummenauer conversava com cada um dos diretores, nas outras salas um diretor de departamento da Seduc fazia o mesmo - explicava o funcionamento da pasta e respondia demandas. Depois de cerca de uma hora e meia, diretores da Seduc e Krummenauer iam se revezando nas salas, até que todos tivessem falado com todos.

"Foi um enorme aprendizado. Identificamos e confirmamos problemas que são comuns em praticamente toda a rede. Isso torna mais viável desenvolver projetos que sirvam ao mesmo tempo para várias escolas. E, claro, tivemos a chance de ver casos pontuais e buscar soluções", disse o secretário.

Os gestores escolares ainda tinham a possibilidade de preencher um formulário com demandas de suas escolas. Diretores dos departamentos Administrativo, Deplan, Logística, Pedagógico e Recursos Humanos, além da Cipave, começaram a responder as demandas (no total, mais de 1,8 mil) ainda em abril.

Responsável por compilar e classificar os dados, o diretor das Coordenadorias Regionais (DCR), Carlos Fraga, analisa 20 itens que podem ser implementados de forma macro. Um deles é a reforma na parte elétrica de quase todas as escolas, que já está em execução - oito universidades de Engenharia Elétrica já foram contatadas para que alunos, professores e técnicos do governo do Estado desenvolvam projetos a serem usados por várias escolas, o que vai baratear os custos. "Detectamos ainda outras necessidades que vão desde rever critérios de Recursos Humanos a reformar as quadras de esportes", revelou Fraga.


Leia Também

Banrisul anuncia fundo pioneiro de R$ 50 milhões para as fintechs

24/05/2018

Equipe composta por empreendedores e executivos com experiência acumulada em tecnologia, mercado financeiro e na administração de fundos de venture capital e private equity fará a gestão

Banrisul lança cartão pré-pago com até quatro opções de moeda estrangeira

21/05/2018

Dólar americano, euro, libra esterlina e dólar canadense estão disponíveis


Governo entrega mais 90 motocicletas e 150 armas para a Brigada Militar

14/05/2018

Investimentos na BM, com recursos do Estado, já passam de R$ 47 milhões desde 2015

Viagem Segura de Dia das Mães fiscaliza cerca de 13 mil veículos

14/05/2018

Em três dias foram registrados 145 acidentes em todo estado, resultando em 10 mortos e 101 feridos