Imigrante

Uma personalidade importante no Natal de Imigrante

Melier Diersmann trabalha há oito anos na decoração do município

21/12/2018 - Imigrante

O verde, vermelho e branco, principais cores do Natal, estão presentes em faixas, bonecos de neve, estrelas, Papais Noéis e outros ornamentos que estão embelezando Imigrante desde novembro. Os itens são confeccionados todos os anos por Melier Diersmann, de 74 anos, que, com amor, se dedica ao trabalho desde 2010.

Melier conta que neste ano são cerca de 60 papais-noéis espalhados pelo município e que as peças são reaproveitadas e repaginadas a cada Natal, sendo que materiais recicláveis, como garrafas pet, também são utilizados. “Começo cerca de dois meses antes a preparar os ornamentos, porque precisa ter criatividade”, comenta. Para deixar toda decoração completa e instalada, ela conta com a ajuda de integrantes do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), onde trabalha, e de dois servidores da prefeitura: Paulo Roberto Klabunde e Paulo Silva do Santos.

Até os pequenos detalhes são observados com muita delicadeza e pensados estrategicamente para que os enfeites fiquem bem distribuídos visualmente. “Preciso me preparar, tem muitas coisas que devem ser feitas antes. De um ano para outro, precisamos limpar, escovar, fazer as peças ficarem novas de novo. O trabalho vai desde o desenho até a criação dos moldes”, explica.

Além disso, Melier afirma que a confecção dos objetos necessita de atenção e cuidado, já que, este ano, diferente de outros, não houve voluntários para ajudar. “No município temos muitas pessoas idosas, que já não conseguem se locomover, e os mais jovens trabalham”, afirma. A decoração permanece até 10 de janeiro. Para Melier, ver a produção enfeitando e virando cenário de fotos, é motivo de orgulho. “Me sinto realizada em poder enfeitar Imigrante. É gratificante”, destaca.

Para fomentar

A iniciativa na decoração do município é da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo e visa fomentar o turismo na Terra dos Imigrantes e manter a tradição natalina. “O investimento maior foi feito um tempo atrás, hoje mantemos e fazemos a manutenção dos ornamentos, embelezando de forma simples, mas que deixa a cidade bonita”, destaca o titular da pasta, David Orling. 


Leia Também

Um passo mais perto da Unesco

14/03/2019

Emef Arco-Íris foi aceita como candidata ao Programa de Escolas Associadas (PEA)


Coral Municipal de Imigrante busca novos integrantes

11/03/2019

Instituição possui 26 anos

Acolhidas e atividades na volta às aulas

22/02/2019

Mais de 400 estudantes foram recepcionados na segunda-feira