Estrela

Vereadores aprovam criação do Procultura

Contratação de professor de braile também foi avalizada pelo Legislativo

11/06/2019 - Estrela

Na sessão ordinária da segunda-feira, dia 10, os vereadores aprovaram a criação do projeto do Executivo que cria o Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Procultura). Com a aprovação, Estrela pode acessar verba disponibilizada pelo Governo do Estado.

"Provoco novamente a necessidade de se dar atenção ao Centro Cultural Celso Brönstrup, pois há muitos anos está ali aguardando por uma definição de utilização", falou o vereador Norberto Fell (PPS). Segundo ele, o titular da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), Marcelo Braun, informou que talvez seja possível, mas, de momento, garantiu que este não é o foco.

"São R$ 100 mil do Procultura do estado e mais R$ 42 mil do município, mas também há a possibilidade de inserir capital privado", explicou Marco Wermann (PV). Ele repercutiu a fala de Braun e acrescentou que são pequenos projetos que poderão receber a verba. "De R$ 2 mil a R$ 6 mil, porque a ideia é contemplar cerca de 35 projetos. Temos muitos projetos culturais interessantes sendo desenvolvidos em nossas comunidades e escolas, então é importante a gente divulgar para que todos possam ter a chance de participar.

O líder de governo, Ernani de Castro (MDB), comentou que os Centros de Tradição Gaúcha (CTGs) poderão inscrever projetos. "O valor que sobrar não precisará ser devolvido, ele será aplicado em um fundo e, posteriormente, ser aplicado em outros projetos", disse. O vereador Márcio Mallmann (PP) lembrou que uma das suas lutas é a construção de um coral municipal, a partir das escolas. "Sei que tem muitas crianças com dom para cantar, então um dos projetos que lutamos para enquadrar nessa proposta é esse."

"Sem esse projeto a gente não teria acesso a esse recurso do governo estadual", afirmou o vereador Tiago Lehnen (PSDB).

Professor de braile

O Legislativo também aprovou a contratação emergencial e temporária de um professor de braile para atuar na rede pública municipal de ensino, pelo período de doze meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. O profissional atuará 25 horas semanais.

"Este projeto, autorizando a contratação emergencial e temporária eu vou aprovar", adiantou o vereador Norberto Fell (PPS). Ele foi acompanhado pelo seu colega, Volnei Zancanaro (PR). Ambos legisladores têm posição contrária a esse tipo de contrato e seguidamente demonstram preferência por concursos públicos.

Mais cotas de exames

A vereadora Débora Martins (MDB) fez indicação de suplementação orçamentária para o aumento de cotas para exames ambulatoriais via SUS. "É responsabilidade do município a atenção básica. Hoje, dia 10, não tem mais exames SUS disponíveis nos laboratórios e as pessoas precisam esperar até o próximo mês", reclamou. O vereador Volnei Zancanaro (PR) criticou a falta de exames ainda no início do mês. "É assim que se administra? É assim que se quer ganhar uma prefeitura, quando nem consegue administrar uma secretaria? É o mínimo que o município tem que dar."

Na contramão

Débora Martins (MDB) também criticou e demonstrou preocupação com a postura do Governo Federal, que sinalizou a revisão do Código Brasileiro de Trânsito (CTB), que prevê a queda da multa para condutores que não colocarem as crianças na cadeirinha e da retirada da obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas profissionais. A vereadora também comentou que o município não atingiu a meta de imunização contra a gripe.

Escola em Arroio do Ouro

O vereador Márcio Mallmann (PP) comemorou a informação dada pelo secretário de Educação, Marcelo Mallmann, que disse que em 30 dias devem iniciar as obras da escola da Arroio do Ouro. "Provavelmente serão duas turmas e isso nos enche de alegria, porque eu me propus a lutar pelas escolas do nosso interior."


Leia Também

Cerveja Artesanal terá espaço na Multifeira 2019

23/08/2019

Além da venda da bebida, local terá palco para shows e ponto exclusivo de alimentação durante da programação que ocorre de 4 a 8 de setembro

Iniciativa para flexibilizar

23/08/2019

Vereador propõe Declaração Municipal de Direitos de Liberdade Econômica


2 anos e 174 processos

23/08/2019

Núcleo de Estrela obteve sucesso em 74,4% dos casos

Título cancelado

23/08/2019

Cerca de 4,8 mil pessoas não fizeram recadastramento