Estado

Viagem Segura de Navegantes terá quatro dias de fiscalização intensa

Operação inicia na quinta-feira, dia 1º, e segue até domingo, dia 4

31/01/2018 - Estado

DetranRS, Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar, Comando Rodoviário estão mobilizados para a Viagem Segura de Navegantes, que tem início à zero hora desta quinta-feira, dia 1º. A 84ª edição da operação se estende por quatro dias, até a meia-noite de domingo, dia 4, com especial atenção para o Litoral, onde estará acontecendo também festival de música na praia de Atlântida.

Além da fiscalização nas rodovias, a Balada Segura está trabalhando no Litoral para prevenir acidentes provocados pelo consumo de álcool. A saída para o feriadão, na noite de quarta, dia 31, também será monitorada em Porto Alegre, quando Brigada Militar, DetranRS, EPTC e Polícia Civil desenvolvem a já tradicional Megablitz.

Acidentes

Segundo levantamento do DetranRS, entre janeiro de 2007 e junho de 2017, a média dos 15 feriados ou datas festivas em que ocorre a operação aponta 6,4 mortes por dia. No feriado de Navegantes, a média é um pouco mais baixa: 5,5 mortes/dia. No ano passado, foram 28 vítimas durante os cinco dias do feriado, considerando as que morrem até 30 dias pós-acidente. Avaliando a média geral da acidentalidade no estado, a análise aponta para 62% das vítimas fatais foram oriundas de acidentes que ocorreram nas rodovias, contra 38% nas vias municipais.

Sobre a Viagem Segura

Com seis anos completados no último feriado de 15 de Novembro, a Operação tem como principais parceiros Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM (CRBM), DetranRS e Polícia Civil. Também colaboram órgãos de trânsito municipais (EPTC/ Porto Alegre), ANTT, DNIT, Cetran/RS, Daer, EGR, Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club e o Instituto Zero Acidente.

Nas suas 83 edições anteriores, somou mais de 5,1 milhões de veículos fiscalizados e 885,4 mil infrações registradas. Foram recolhidos 85,2 mil veículos e 22,8 mil Carteiras Nacionais de Habilitação em situação irregular. No período, foram aplicados 181,7 mil testes de etilômetro, que resultaram em 15,2 mil infrações por alcoolemia. Dos condutores autuados por teste de etilômetro positivo, 5,8 mil foram enquadrados em crime de trânsito (quase 38,5%), por terem resultado igual ou superior a 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Outros 2,2 mil condutores se recusaram a fazer o teste. Todos responderão pelas sanções administrativas dos artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro: multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano (além da retenção do veículo e do documento).


Leia Também

Começa nesta semana pagamento de R$ 500 por conta do FGTS

09/09/2019

Cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança

Inscrições para o 1º concurso de Aplicativos e Games das escolas estaduais terminam no dia 12

02/07/2019

Premiação inclui valor em dinheiro, medalhas e uma viagem


Receita Estadual intensifica em todo o Estado operações contra inadimplência do IPVA

03/06/2019

Depois de 60 dias em atraso, ocorre a inscrição em dívida ativa, quando há acréscimo de 5% sobre o valor do tributo não pago.

Pente-fino do INSS pega segurados de surpresa

08/11/2018

Nem todos os beneficiários são comunicados pelo INSS; Em pouco mais de dois anos, oito de cada dez auxílios-doença analisados foram suspensos